O que a gafe da Samsung tem a ver com a sua empresa? Muita coisa, leia e descubra porque o velho marketing não cabe mais nos dias atuais.

Começando, claro, falando qual foi o erro, neste mês de Agosto a Samsung lançou essa propaganda no seu twitter:

Até ai ok, né? só uma foto inocente mostrando o potencial da câmera frontal de um dos aparelhos da empresa. Só que eles não contavam com isso:

Quando contestada a veracidade da foto, vejam que a empresa respondeu que foi sim tirada do celular. Porém eis que surge a verdade:

Pois é, a foto era comprada de um banco de imagens (se não sabia, agora sabe, existem bancos de imagens, que você compra imagem pra poder usar em propagandas). Claro que a postagem foi retirada do ar na mesma hora, e se você pesquisar rapidinho vai achar matérias e matérias falando sobre isso.

Inclusive a Samsung se pronunciou, assumindo que usa fotos dos celulares e também de bancos de imagens e que ali foi um equivoco dizer que era do celular. Sabendo disso, vou contar o que isso tem a ver com o seu produto, serviço, negócio ou sei-lá com que você trabalhe.

Já parou pra pensar como uma empresa como a Apple, que anda sendo acusada de inovar pouco, ter hardware inferior, pode valer 500 Bilhões a mais que a Samsung? (Inclusive atualmente a Apple é a marca mais valiosa do mundo). E olha que a Samsung  vende de tudo, TV’s, microondas, celulares, maquinas de lavar, enfim, muita coisa.

Essa postagem da Samsung responde o porquê, a Apple é comprometida com seu consumidor, desde sempre, o foco sempre foi o usuário, ela gosta de mostrar na prática o valor dos seus produtos, tem até Instagram da marca só para postagens de fotos dos usuários com as lentes dos IPhones. Isso é exemplo de empresa que tem seu propósito na experiencia, não só no uso.

Essa velha forma de fazer marketing e se comunicar não funciona mais, hoje em dia acabou o “falar que faz” você precisa “mostrar que faz”. Comprar uma foto bonitona e dizer que sua câmera faz isso, sem ser a foto tirada dela, além de mentiroso é um tiro no pé, alias um tiro no Branding.

E é nesse ponto que o erro tem a ver com você, sua, marca, seu serviço. Qual sua maior preocupação? vender mais, vender melhor ou vender a qualquer custo. Pra cada uma delas existe uma resposta e não estou dizendo que alguma delas vai estar mais “certa” que as outras, mas saber de qual ponto você esta partindo, muda muita coisa.

Essa “mentirinha” que a Samsung postou, pode não ter atingido você diretamente, provavelmente você nem sabia até ler aqui, mas para a marca isso foi bem grave, ela fica descreditada, os usuários ficam tristes e inconformados e a empresa perde uma porrada de clientes.

É justamente isso que você não pode fazer, queimar o que tem de mais importante, a reputação da sua marca. Você já deve ter ouvido sobre ter a Persona da sua empresa, ter  Storytelling e uma boa construção de Branding. explicando rapidinho pra continuar;

A Persona é o cliente exato que você quer atingir, desde a idade até o que faz nas horas vagas, pra onde gosta de viajar e etc. Isso te deixa mais intimo do seu “alvo” e mais assertivo na hora de se comunicar com ele.

O Storytelling é a história da sua empresa, de onde vem, pra onde vai, o esta deixando de legado, de base social, como contribui para um melhorar a comunidade e qual esta inserida, vai muito além de ter só Missão, Visão e Valores. É dar vida a marca.

O Branding vai além de ter uma logo bonitinha ou simpática. Está ligada a Alma da sua empresa, a qual sensação os clientes vão sentir ao ler seu nome, ou ver o simbolo que representa ela. Esse conjunto de coisas é que fará as pessoas amarem ou nem ligarem para sua empresa.

Então olhe para tudo que você tem feito no momento, se seu produto tem como base competitiva somente preço, sua marca esta no caminha errado. Se as pessoas não estiverem se conectando a ela, nada vai adiantar. Veja quantas empresas que você conhece que são até arrumadinhas, mas não andam, não vendem, não são conhecidas, quem vai nem volta e muitas vezes o produto é bom, mas só ser bom, não é mais o suficiente.

Na era digital tudo esta conectado a tudo, antigamente falava-se que o “boca a boca” era a melhor das propagandas, que demorava, mas de boca em boca a coisa ia crescendo, hoje uma única postagem em rede social vale umas 300 bocas de uma vez só, agora imagina de 300 em 300, se não é muito melhor e mais rápido.

Mas esse alcance vale para o que é bom e para o que é ruim, lembro-me de um cliente que tive certa vez, fiz toda a estratégia de marketing e começamos a colocar em prática, entre elas, redes sociais, faz tempo, na época isso era luxo ainda. Em uns 3 meses ele recebeu mais de 40 reclamações pelo Facebook, me chamou para uma reunião e disse: “seu trabalho esta acabando com minha empresa, enquanto não tinha esse negócio de rede social eu não tinha reclamação nenhuma”

Foi difícil explicar que na verdade as pessoas não tinham, até então, nenhum canal para reclamar, elas simplesmente não voltavam, agora que tinham, ele deveria aproveitar para melhorar. No final meu contrato foi rompido e meses depois ele fechou, culpa minha claro, não da má qualidade do produto dele.

Então não façam como a Samsung fez, sejam verdadeiros, uma pequena mentira pode desconectar emocionalmente seu cliente da sua marca, sabe aquele local que você foi, gostou, mas acaba que nunca volta? Pois é, faltou algo pra te prender ali, algo que fizesse um elo firme.

Mostre o que faz, não fale o que faz. Imagina um dono de restaurante, pega uma foto de  peixada linda na internet, posta como se fosse sua e você vai lá e na hora de servir, vem algo totalmente diferente. Não adianta ser fotografo e postar lindas fotos de paisagens e pessoas, tiradas da internet, se na hora de fazer você não terá o mesmo olhar ou sensibilidade.

Seja você, saiba o porque sua empresa existe, conte aos seus clientes, foque em criar elos, de se conectar emocionalmente com ele, porque a emoção sempre vencerá a razão na hora da escolha na compra, e claro, não estou dizendo que vender não é importante, inclusive é onde que tudo precisa terminar, na venda e na satisfação, a Apple não valeria trilhões se vendesse pouco.

E nunca se esqueça, estamos da era do “mostre que faz” e não do “fale que faz”, não tente somente impressionar para vender a qualquer custo, isso provavelmente ira gerar erros tolos e desnecessários como esse mostrado acima. Sua empresa não pode ser patética, ela precisa ser amada.

PS: essa postagem não foi paga pela Apple, sou usuário de vários produtos Samsung, incluindo meu celular. É uma percepção que pode, talvez, ajudar você a não cometer o mesmo erro.

Deixe uma resposta Jobil Moraes
Cancelar reply