Adquirir a casa ou apartamento próprio é o sonho que povoa a mente e o coração de muita gente. Se for para morar em Maceió, então… Aí são dois sonhos alcançados com uma tacada só!

Mas sabemos que realizar esse desejo pode ser complicado, especialmente porque dispor do valor para comprar um imóvel à vista faz parte da realidade de pouquíssimas pessoas (e bota pouquíssimas nisso!).

É aí que surge o financiamento imobiliário como uma modalidade de negócio que pode descomplicar o acesso a esse sonho de consumo e torná-lo bem mais possível.

Funciona assim: aquele que deseja comprar um imóvel, mas não possui todo o valor para isso, assina um contrato com uma instituição financeira; essa, por sua vez, pagará o valor integral do imóvel ao vendedor e, em contrapartida, receberá esse valor, acrescido de juros, em forma de parcelas que serão pagas pelo futuro proprietário.

Se esta possibilidade te animou, continua a leitura que vamos te mostrar um passo a passo para conseguir um financiamento de imóveis em Maceió.

Como conseguir um financiamento de imóveis em Maceió

1. Inscrição no Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo é uma espécie de “currículo financeiro” do bom pagador. Consiste em um banco de dados com informações dos pagamentos realizados, a partir do qual é possível traçar o perfil do consumidor. Quanto melhor o perfil, ou seja, um histórico positivo de pagamentos em dia, maior a chance de conseguir financiamentos e empréstimos com taxas de juros reduzidas. A inclusão no Cadastro Positivo deve ser solicitada pelo consumidor

2. Definição do banco

As condições do financiamento (valor da entrada, número de parcelas e taxas de juros, por exemplo) são diferentes entre as instituições financeiras. Por isso, é importante empreender uma pesquisa minuciosa em busca de valores que caibam no seu orçamento.

Para isso, você pode realizar simulações de financiamento nas diversas instituições financeiras. Pode ir pessoalmente, se assim preferir, ou acessar o site de cada uma delas e, em alguns simples passos, encontrar aquela que melhor atende as suas necessidades.

A simulação é necessária para saber se as parcelas do financiamento caberão no seu orçamento. E também é muito importante que ela seja feita antes da escolha do imóvel, para que essa ocorra de acordo com as reais possibilidades financeiras do futuro proprietário. Acredite, muita frustração será evitada só em seguir essa dica simples.

3. Escolha do imóvel

Simulação realizada, agora você já conhece sua margem financeira para a compra do imóvel. Parte-se, então, para a pesquisa de imóveis que cabem dentro do orçamento e, claro, atendem a todas as expectativas do futuro comprador, como localização, segurança, conforto, entre outros requisitos.

Antes de bater o martelo, é importante pesquisar se o imóvel possui pendências judiciais, se sua documentação e impostos estão regularizados, bem como se está registrado no CRI (Cartório de Registro de Imóveis) da cidade onde está localizado.

4. Análise dos documentos e do imóvel

Escolhidos o banco e o imóvel, é hora de juntar a papelada. Ao se dirigir ao banco escolhido, você deve se certificar de estar levando os documentos corretos. Para saber quais são, pesquise no site da instituição toda a documentação necessária para dar início ao processo de financiamento.

O imóvel e todos os documentos passarão por um processo de análise pela instituição financeira (que dura cerca de 30 dias). Caso seja aprovado, o cliente será avisado e partirá para a próxima etapa.

5. Assinatura do contrato

Aprovados o imóvel e a documentação, o processo está quase finalizado. Após a assinatura do contrato, ele é enviado ao Cartório de Registro de Imóveis. Realizado o pagamento do ITBI (Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis) e registrado o contrato, uma cópia do mesmo é enviada para a instituição financeira para que ela libere o pagamento integral ao vendedor.

Cumpridas essas etapas, pode comemorar: o sonho da casa ou apartamento próprio foi realizado! Agora é fazer a sua parte no pagamento das parcelas e curtir a tranquilidade de possuir um lugar pra chamar de seu.

Participe do Habite-se!

 

 

Fonte: Bruno Tenório Broker

Atualmente não há comentários.