Depois do surgimento do cartão de crédito, fazer compras no crediário parece coisa do passado. Mas saiba que não é. Cerca de 30% das vendas em lojas de varejo são feitas através do crediário, ou seja, aquele carnê de loja que a pessoa precisa ir até o estabelecimento todo mês para pagar a parcela.

Boa parte da população ainda usa o crediário para comprar os mais diferentes produtos, como roupas, eletrodomésticos e móveis.

Uma pesquisa feita pelo birô de crédito Multicrédito, mostra que nos últimos dois anos houve um crescimento de 34% na utilização de boletos.

O que chama a atenção é o motivo desse crescimento. Muitos consumidores têm optado pelo crediário para fugir do rotativo do cartão de crédito. Isso mesmo! A taxa para quem paga o valor mínimo da fatura do cartão chega a quase 286% ao ano.  Já no crediário, é cobrado 1% de multa por mês, além de, em média, 2% de juros mensais.  Juntando juros e multas, o crediário cobra uma taxa de 42,58% ao ano.

Comparando as taxas, fica fácil entender porque o crediário tem sido uma alternativa de crédito pra muita gente.

Perigos

Esses parcelamentos de longo prazo são muito atrativos, pois possibilitam a compra de bens com valor superior à renda mensal do comprador. Mas essa vantagem também pode levar ao endividamento, se não houver um controle financeiro.

Apesar de a taxa de juros (2%) ser pequena, quando você divide a compra em 24 parcelas, por exemplo, esses juros vão acumulando e, no final, você acaba pagando muito mais pelo produto.

O crediário é uma boa opção quando você precisa urgentemente de algo e não tem o dinheiro em mãos. Ex: a sua geladeira queimou e você tem que comprar outra imediatamente. Numa situação dessas, o crediário é bem-vindo.

Mas se for para comprar produtos sem necessidade ou porque o limite do seu cartão de crédito estourou, não faça isso!!  Você vai acabar se endividando ainda mais. É preciso ter em mente que, independentemente da modalidade de parcelamento, é preciso ter um planejamento financeiro para controlar os seus gastos e fazer bom uso do seu dinheiro.

 

Atualmente não há comentários.