15 de março, Dia Mundial do Consumidor
Crimes nas relações de consumo

 Como muita gente já sabe, o sinal analógico de TV está em processo de desligamento no Brasil e, em Alagoas, a mudança para o sinal digital começa dia 30 de maio, onde a TV analógica já será encerrada em Maceió e em mais 12 municípios da região metropolitana: Paripueira, Barra de Santo Antônio, Messias, Rio Largo, Satuba, Santa Luzia do Norte, Coqueiro Seco, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, São Miguel dos Campos, Pilar e Atalaia.
Vale ressaltar que, para que o sinal analógico possa ser desligado, é necessário que 93% da população dessas 13 cidades já tenham realizado o processo de transição para o sinal digital. Os outros municípios do interior de Alagoas terão o sinal analógico desligado apenas em 2023.
Quem ainda possui o modelo de televisor de tubo e quer continuar usando o aparelho, existe a opção de adquirir um kit com um conversor de sinal e uma antena, que pode custar menos de R$ 100,00, segundo a Anatel. Lembrando que precisam também de conversor os televisores fabricados antes de 2010 porque, antes deste período, não era obrigado que o fabricante do televisor incluísse o conversor digital embutido.
Existe uma maneira gratuita de ter acesso aos kits para a conversão? Sim, mas existem alguns pré-requisitos: para receber o benefício, as pessoas devem estar inscritas em programas do Governo, como Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida, por exemplo. Para a retirada, é preciso ligar gratuitamente para o número 147, disponível 24h, todos os dias da semana, ou através do site “www.sejadigital.com.br/kit” e agendar um horário no posto de entrega mais próximo.
Se ainda restou dúvida, já sabem! Estou sempre à disposição para responder vocês aqui no blog ou lá nas minhas redes sociais (@rodrigocunhaal).