Atenção para os abusos da lista de material escolar!
Aluguel por temporada: o que você precisa saber

 Você sabia que pode pedir a suspensão temporária de alguns serviços, como telefonia, tv por assinatura, internet e energia elétrica?
Essa é uma boa notícia para quem pretende passar um longo período fora de casa e evitar gastos desnecessários, como pagar a mensalidade da tv a cabo sem assistir à programação, por exemplo.

Quem deixa sua residência desocupada por mais de um mês, viajando de férias ou porque irá fazer um curso em outra cidade, Estado ou país pode solicitar a suspensão de alguns serviços, a exemplo da água, telefonia fixa e móvel, TV por assinatura, internet e até mesmo academia.

De acordo com a resolução da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), todo cliente pode solicitar, gratuitamente, a suspensão temporária do serviço de telefone fixo, celular e TV por assinatura, basta entrar em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) e solicitar o desligamento temporário, desde que esteja com a conta em dia. A suspensão é de no mínimo 30 dias e de, no máximo, 120 dias, podendo ser solicitada a 1 vez a cada 12 meses, não havendo cobrança de taxa para suspensão e reativação.

Após o pedido do consumidor, a empresa tem até 24 horas para atender. É importante que o cliente guarde o protocolo de atendimento para comprovar a solicitação, evitando futuras cobranças indevidas. Vale ressaltar que a Eletrobrás informa em seu “call center” que a suspensão e a reativação do serviço de energia elétrica são gratuitas, mas deve ser solicitada pessoalmente pelo titular da conta. Outros serviços como água e gás também podem ser suspensos.

Para outros casos, como internet, academia, cursos, assinatura de revistas e jornais, é necessário verificar no contrato (ou junto ao fornecedor) se é possível pedir a suspensão temporária e quais as condições para isso; se há cobrança, qual o prazo e os procedimentos a serem adotados para realizar a solicitação.

Quem ainda tiver dúvida, basta deixar aqui nos comentários ou nas minhas redes sociais (@rodrigocunhaal), estou à disposição para responder.