CRB empata em Salgueiro e tem situação confortável na Copa do Nordeste – Blog do Marlon
Disputa emocionante em um campeonato decepcionante
CSA empata em casa mas ainda está na luta por classificação

CRB consegue empate em Salgueiro: resultado considerado bom – Foto: Rodrigo Avelar/ASCOM Salgueiro

O CRB conseguiu um empate no sertão pernambucano contra o Salgueiro. O jogo teve dois golaços, teve reclamações de arbitragem, mas essencialmente foi um jogo que deixou o Galo em situação confortável na disputa por uma vaga para as quartas-de-final da Copa do Nordeste.

Mesmo sem entrar em campo, o CRB poderá assegurar sua classificação com uma rodada de antecipação. Para isso acontecer, o Galo torce por dois resultados: que o Confiança não vença o Botafogo-PB e que o 4 de Julho não vença o ABC.

Isso se concretizando, o CRB estará nas quartas de final com uma rodada de antecipação e na rodada final definirá apenas o seu posicionamento.

O jogo tático

Momento iniciaal do jogo com Salgueiro melhor. Ciel (99) tinha movientaão que não era contida pela organização defensiva do CRB – Imagem: Tatical Pad – Marlon Araújo

1ª etapa ⚽️- O Salgueiro começou impondo seu jogo e com 10 minutos foram três situações de finalizações ao alvo aos 3, 7 e 8 minutos com Ciel, Tarcísio e Alison respectivamente. Quem se destacava era o goleiro Edson Marden com defesas importantes, inclusive se machucou na última , sendo substituído por Diogo Silva que manteve a performance na 1ª etapa.

Roberto Fernandes optou por manter o 4-4-2 sem posse e 4-2( Claudinei e D.Torres) -4( Calyson , Hyuri,Lucão e Luidy) com a bola .
Detalhe ⚽️- A mecânica defensiva consiste no corredor Central Claudinei na proteção e o recuo de Diego Torres para preencher espaços defensivos , na saída do volante adversário , Hyuri seria o responsável de acompanhar . O Salgueiro tinha Ciel como falso 9 e Tarcísio flutuando na entre linhas e envolvia organização defensiva Alagoana com extrema facilidade. O camisa 10 do CRB não consegue entregar uma boa contenção sem a posse e so funcionando a ligação para puxada dos contra-ataques . Sendo assim entendo que retirar o Diego Torres da proximidade da grande área e obrigando a percorrer grandes distâncias para recomposição , acaba que abdicar o melhor do meia regateano , sacrificando Claudinei e perdendo o corredor central. Visivelmente não funcionou a ideia 💡 no 1º tempo.

🚨- CRB foi prejudicado com um impedimento equivocado marcado.

2ª etapa ⚽️- O intervalo trouxe o CRB – simplificado saiu Luidy ( discreto) para entrada de Carlos Jatobá, o 4-3-3 , sendo que o corredor central agora Claudinei ganha o suporte de Jatobá e Diego Torres é colocado onde ele tem melhor performance, próximo do terço final . Roberto Fernandes inverteu Calyson para o corredor esquerdo e Hyuri ocupou o direito de ataque . A mudança surtiu efeito e o galo logo com um minuto fez o gol LEGÍTIMO, anulado pela arbitragem, Gol que iria coroar a leitura do intervalo. Diferente da 1ª etapa , o CRB encaixou a marcação e dominou , Salgueiro trocou peças e uma dessas peças Héricles fez o goleiro Diego Silva fazer um milagre.
Tudo se encaminhando para um final emocionante , O CRB aproveita o rebote do escanteio e Ewandro de primeira marca o gol do galo.

🎯Na saída de jogo, Ciel viu o goleiro Diogo Silva adiantado e, literalmente do meio-campo, fez uma obra de arte 🖼 no Cornélio de Barros empatando o jogo.

Garçon – Diego Torres
Dono do jogo – CIEL
Treinador – Daniel Neri.
Destaque negativo – Arbitragem Do sergipano Diego da Silva.