CSA deixa escapar vitória no fim e CRB vence por pouco quando poderia ser por muito – Blog do Marlon
CSA e CRB fazem jogo equilibrado com erro de estratégia e correções
Base do CSA ‘respira por aparelhos’ e presidente está prestes a desligá-los

CSA e Confiança empatam em Lagarto: time azulino segue sem vencer – Foto: Augusto Oliveira – ASCOM CSA

O final de semana teve um gosto amargo para o CSA e um sabor de podia mais para o CRB. Mesmo sem fazer um grande jogo, o CSA poderia voltar de Lagarto com uma vitória sobre o Confiança. O time chegou a estar duas vezes a frente do marcador, cedeu o empate já aos 50 minutos do tempo final e repetiu a sinalização de uma equipe que buscou se defender em dretimento de ter o controle do jogo.

Já o CRB claramente poderia ter vencido o Sport por um placar maior. A vitória de 2 a 0 sobre o time Sub23 do Leão não foi um resultado ruim, obvio que não. No entanto, o CRB teve tudo para aplicar uma goleada , isso se não fosse o baixo aproveitamento na valência finalização. O CRB criou muito e desperdiçou muito. Só marcando os gols em cada final dos tempos. Já aos 46 do tempo inicial e aos 47 do tempo final.

Agora é esperar a semana para buscar o confronto entre os dois, no próximo domingo pela Copa do Nordeste e, em seguida, os confrontos da Copa do Brasil em busca de avançar de fase.

Confiança x CSA

Marco Túlio marca e comemora o gol com o gesto da vinda de um bebê – Foto: Augusto Oliveira – ASCOM CSA

CSA começou o jogo com grande parte do que ele tem como titularidade. Entendo que com o tempo, Silvinho e Iyuri Castilho vão brigar pela questão da titularidade . Baseado naquilo que a gente já conhece do modelo de jogo do Mozart, o time tem Geovani e Silas no meio, tem Norberto como aquele lateral que vem por dentro, Marco Túlio que foi extremo e uma ausência sentida que foi o Nadson, pois havia um entrosamento muito bom com o Gabriel.

O Gabriel veio por dentro como um meia mais próximo dos atacantes, mas o Gabriel não foi bem.. O Confiança tinha em Bruninho, um cara que desequilibrava. É um volante, jogador de 20 anos e que pertence ao Atlético-MG, que veio com o Daniel Paulista colocando ele como meia, jogando próximo dos atacantes e que municiou os atacantes e também forçou o Thiago Rodrigues a fazer boas defesas.

Mas o futebol premia a eficiêcia. Aconteceu o imponderável. O Geovani cruzou lá da intermidiária, a bola viajou e o goleiro Rafael, experiente, capitão da equipe, falha feio, uma falha inexplicável, o Marco Túlio com muito categoria e eficiência da um toque por cima, abre o marcador e faz 1 a 0 para o CSA.

Veio o intervalo e chamei a atenção que o CSA não tinha um encaixe no momento de defender, pois flutuava sempre um jogador nas costas do volante e o Confiança volta com uma mudança de tirar um segundo volante e trouxe um atacante. Veio Lucas Barcelos que já tem três gols na temporada. Bruninho tinah trÊs flechas para ele dialogar: Barcelos, Robinho e Cristiano.

E assim, a Confiança mandou nos minutos iniciais, ganhou o meio campo, Bruninho domiva o jogo e ninguém conseguia marcá-lo. Pressionando e com mais volume, o Confiança chegou ao gol de empate. Com Robinho pelo corredor esquerdo, no bico da área, ele encontra Bruninho flutuando atrás dos volantes e surpreendendo os zagueiros, o camisa 10 do Confiança, domina a bola, com gtrande habilidade, ‘puxando a bola para próximo’, e solta um torpedo para marcar um golaço e empatar o jogo.

As mudanças voltam a acontecer e o CSA optou por ter três volantes, ainda colocando no jogo Silvinho. O Confiança trouxe Williams Santana, mas ele não conseguia acompanhar o lateral do CSA e Norberto começou a ganhar duelos e a ter espaço para criar transições ofensivas. Em um dos lances, ele vence o duelo ao cortar para dentro e na cobrança de falta, Fabrício assustou o goleiro. Daniel Paulista começou a fazer novas mudanças como tirar um lateral e acionar um atacante. Retira um volante e coloca mais um meia. Neste cenário, ele passa a ter um meia e um atacante como laterais, dois meias por dentro, três atacantes e apenas o Serginho como volante.

Logo em seguida, o CSA tem um escanteio, a defesa falha e Filemon recoloca o CSA em vantagem. O Mozart passa a fazer uma linha de cinco. Eu espera ele trazer o João Paulo para o jogo, por exemplo. Se você tem bons passadores, poderia usar as flechas pelo lado e até chegar ao terceiro gol. Repetindo o feedback que ele trouxe contra o treze, ele fez um 5-4-1. Ai ele trouxe o Lucão para o jogo e fez a primeira linha de cinco com Norberto, Filemon, Fabrício, Lucão e Victor Costa e tentou segurar o jogo e conseguir o resultado. Mas não foi sito que aconteceu no último lance do jogo, bola na área, Willians Santana venceu a marcação e veio o empate.

O Mozart mais uma vez tentou segurar o resultado e mais não conseguiu. O resultado acabou sendo justo pois o Confança não merecia perder o jogo.

Craque do jogo: Bruninho (Confiança)
Melhor treinador: Daniel Paulista (Confiança)

CRB X SPORT

CRB vence a primeira partida na Copa do nordeste – Foto: Gustavo Henrique – ASCOM CRB

Jogando contra o time Sub23 do Sport, o CRB fez aquilo que precisava fazer. Jogou com intensidade, criou mecânicas de jogo organizando para atacar, apresentou repertório, mas para – em apenas dois gols – por uma deficiência na valência finalização.

O time concluiu muitas vezes e mostrou que ainda precisar aperfeiçoar a valência qualidade de finalização. No primeiro tempo, o CRB fez um gol com Lucão, mas o próprio Lucão desperdiçou pelo menos duas outras chances, Hyuri, Gum, Diego Torres também desperdiçaram pelo menos uma oportunidade e Luidy desperdiçou as duas chances mais claras.

O CRB continuou superior na etapa complementar mas começou a tornar o jogo perigoso. O Sport saiu para atacar e em, pelo menos, duas estocadas poderia ter feito um gol que traria uma dificuldade desnecessária para o confronto. Roberto Fernandes mais uma vez repetiu a estratégia de ter Reginaldo como uma dobra pela lateral, tendo a efetividade do camisa 2 como um extremo. Reginaldo acabou premiado por uma finalização muito perigosa e para fechar a conta com um gol que definiu o placar da partida.

  • José A de Oliveira

    Eu acompanhei o jogo do CRB tbm pelo rádio, o tempo todo os cronista de uma determinada rádio ficava dizendo que o CRB estava enfrentando o sub-23 do Sporte. Meu amigo, o Sport do Recife é um time grande de série A, agora Sport só tem 11 jogadores? Pelo que eu sei o Sport do Recife tem um elenco de aproximadamente 30 jogadores e pretende fazer bonito nas competições, ele poupou todos esses jogadores só para jogar com CRB com sub-23? Imagino que cara liga para Recife pra pegar informações, os cronistas de lá ao contrário dos daqui supervaloriza as equipes Pernambucanas, falam que o Sport vai poupar sua equipe jogar com a base visando o jogo seguinte, assim como poderia ser Náutico e Santa, realmente toda equipe tem jogadores da base que sobem mas dizer que uma equipe grande jogando uma competição importante é quase toda da base sub 23 é no mínimo exagero. Outra coisa, jogador que chega 20 aos 23 anos e não está jogando na equipe titular ele está na profissão errada. Só lembrando CSA ainda não venceu na Copa do Nordeste, vencer o CEO não serve pq perde pra todo mundo.

    • MÁRIO

      ESSES COMENTARISTA SÃO PODRES!
      TEM UMA PREDILEÇÃO ABSURDA PELO CESSIÁ!

  • Luiz Gustavo

    Vence domingo, amigo…

  • RCesar

    Não vou citar nome, más tem um cronista esportivo que sendo êle teria vergonha de fazer comentários, já é veteranissimo no radio e trabalhou em todas as emissouras que fazem futebol, o cara é declarado azulino e capacho do atual presidente do time, em época anterior foi cogitado a concorrer a presidencia do clube de coração. Se manque bicho!!!