Vitória importante e necessária para o começo de trabalho do técnico Mozart – Blog do Marlon
Em jogo que Cabo e Lisca procuraram a vitória, CRB e América fizeram um bom jogo sem gols
Vitória maiúscula do CRB que alivia uma pressão silenciosa

Márcio Araújo se ajoelha e agradece a grande vitória foto: ASCOM CSA

O CSA parecia ter definido uma vitória fácil, com autoridade e apresentando momentos de um bom futebol. Neste cenário, o CSA chegou a abrir 3 a 0 em cima do Juventude. Quando tudo parecia resolvido, o time azulino sofreu com a queda física, tomou dois gols e ainda sofreu alguns sustos ao longo do segundo tempo, inclusive, com duas bolas no travessão.
No entanto, a vitória foi importantíssima para marcar a estreia de Mozart Santos, para o CSA sair da zona de rebaixamento e para engatar a segunda vitória consecutiva na competição.

o plano de jogo dos volantes atacar espaço ofensivo prevalecia , pois Renato Cajá não acompanhava e Márcio Araújo atacou o corredor direito fez jogada individual que originou o gol azulino Imagem: Marlon Araújo – Tatical Pad

No melhor momento do CSA na partida, que durou o primeiro tempo e os dez minutos iniciais da segunda etapa, o time azulino mostrou bons movimentos, mecânicas interessantes para organizar para atacar e organizar para defender.
O CSA começou o jogo esperando o Juventude entrar no seu campo defensivo para ser agressivo, pressionando o portador da bola. Isso forçava o time do Juventude ao erro, perdendo a possibilidade de optar pelo passe progressivo. Quando tinha a posse, o criava uma mecânica onde os volantes se projetavam para atacar espaço e surpreender na organização ofensiva. Em Duas finalizações de Andrigo foi Yago que chegou quebrando linhas, projetando o passe para Andrigo. Quando o CSA faz o primeiro gol da partida, Márcio Araújo aparece como homem surpresa, atacou o espaço, fez jogada individual e deu o passe para o gol de Pedro Junior , no final do 1º tempo Juventude deixou Rafinha livre e ele fez bela assistência para Paulo Sergio testar e ampliar o marcador. A segunda etapa começa com o CSA fazendo uma transição em velocidade e Pedro junior ganhou o Duelo com Neri Bareiro para fazer o terceiro gol. O CSA ainda Teve para completar a superioridade no jogo no 2º tempo o volante Geovanne surgiu na área para cabecear e Marcelo Carné fazer uma grande defesa.

melhor momento do Juventude com Marciel 17 e Wagner 20 na armação, o excelente Breno11 na esquerda , Rafael Silva18 centralizado e Roberto 17 no corredor direito. O técnico azulino Mozart santos entendeu o declínio físico e fez uma 1ª linha de 5 ( ver linha vermelha ) com Norberto , Cleberson – Leandro- Castan -Rafinha, 4 na 2ª linha Alano – Márcio Araujo- Geovanne- Nadson e 1 Pedro Lucas na referência , portanto terminou no 5-4-1 sofreu dois gols bola no travessão – Imagem: Tatical Pad – Marlon Araújo

Márcio Araújo e Pedro Junior fizeram excelentes apresentações. A desenvoltura do CSA até quando chegou aos 3 a 0 deu a impressão que a equipe poderá evoluir na competição. Mas depois veio o desgaste físico, as mudanças pouco efeito surtiram, Mozart percebeu a queda física, chegou a fazer uma linha de cinco – com a primeira sendo formada por Norberto, Cleberson, Leandro Souza,Castán e Rafinha – e com uma segunda linha tendo Allano, Márcio Araújo, Geovani e Nadson, com Pedro Lucas como referência. Mas mesmo assim não consegui conter as ações do Juventude que chegou aos dois gols e ainda colocou duas bolas na trave.

Craque do Jogo – Pedro Junior
Garçon – Paulo Sergio
Melhor Treinador – Mozart Santos

  • Azul $ Branco

    VENCEU MAIS Ñ CONVERSEU TA PROVADO QUE O TIME E FRACO . NADA PESSOAL MAIS NORBERTO ..BILU . ALLANO E ANDRIC . ANDRIJO E OUTROS ERA PRA TA LONGE DO CSA . INFELIZMENTE VAMOS SOFRE ATÉ O FIM COM ESSES JOGADORES ESSA E MINHA OPINIÃO …. MAIS VALEU PELA A VITÓRIA VAMOS REZAR PRA PERMANECER NA SÉRIE B …

  • Luiz R S Filho

    O que causa estranheza é a limitação física do elenco do CSA. A parte física não substitui a técnica, mas, de certa forma compensa. Nota-se que dificilmente um jogador Azulino ganha uma dividida. E o cansaço prematuro é nítido em alguns, e a maioria das substituições são para repor fisicamente não permitindo ao Treinador nem sempre uma mudança tática, só repondo posições.

    ÓTIMO os resultados dos 2 últimos jogos em casa – 100% (6 pontos).

  • Glorioso

    Infelizmente não adianta insistir com alguns dos jogadores ,pois já demonstraram que não tem condições técnicas e físicas para participar de uma série B, não serve nem pra série D.

  • Wiliam Correia Da Silva

    Torcedozinho negativo da peste

  • Advogado

    Finalmente uma vitória!

  • Neuton Bóia

    Na verdade o CSA teve sim uma evolução no seu padrão de jogo. Acredito que continua faltando aquele jogador que pensa o jogo no meio campo. O condicionamento físico ainda permanece em alguns jogadores. Mas acredito na evolução do time.

  • Farias

    Marlon, sem ficar em cima do muro, num comparativo atual e independente de posições na tabela, quem tem um melhor time,CRB ou CSA? Mesmo sabendo que o CSA tem uma folha salarial mais alta, eu acho.

  • Luiz Gustavo

    Ficou claro no segundo tempo que o técnico mexeu errado no time. recuo demais trazendo o adversário para o nosso campo, sem ter o contra ataque pra definir o jogo. os 30 minutos finais só sofrimento.