Esperança de dinheiro e projeção – Blog do Marlon
Classificação para espantar alguns fantasmas
CSA segue sem pontuar na Copa do Nordeste e acaba tomando uma pancada do River

Começa nesta quarta-feira, 5, a Copa do Brasil para os times alagoanos. Dois dos três alagoanos na competição estreiam na tarde de hoje: Coruripe e CRB. O CSA, o outro representante do futebol alagoano, só estreia amanhã.

Claro que não temos pretensão de título, mas a nossa briga, o nosso objetivo está voltado para as cotas de premiação e a projeção nacional que oferta a competição.

O CRB já tem assegurado R$ 540 mil e conta com a classificação para assegurar mais R$ 650, chegando a R$ 1 milhão. Além disto existe a busca por repetir boas campanhas na competição. Ano passado, o CRB avançou duas fases e parou na terceira fase, sendo eliminado pelo Bahia.

O jogo do Galo conta o Independente (PA) teve uma mudança de local, que acabou sendo benéfica para o Regatas pois evitou um viajem muito desgastante para o interior do Pará, em Tucuruí, cerca de R$ 500km da capital Belém. O empate já assegura classificação para o CRB.

Já o Coruripe terá mais dificuldade. Mesmo jogando em casa enfrentará um adversário mais tradicional: o Juventude (RS), que ostenta uma conquista na competição. O Hulk perdeu força nos últimos anos e não tem feito grandes participações em competições nacionais.

O CSA que estreia amanhã, contra o Vitória jogando na capital do Espírito Santo busca a recuperação do trauma do ano passado, quando caiu para o Mixto, mas também almeja os recursos, ir o mais longe possível na competição e também assegurar projeção nacional neste primeiro quadrimestre.

Especialmente para os técnicos Marcelo Cabo e Maurício Barbieri, a competição servirá de recuperação. No ano passado, Marcelo Cabo sofreu um enorme desgaste após o time azulino perder para o Mixto e ser eliminado da Copa do Brasil Isso culminou com o desgaste da imagem do técnico vitorioso que havia dado um título estadual após nove anos e um inédito acesso.

Já Mauricio Barbieri tinha um dos melhores aproveitamentos do país com o Goiás até que empatou com o CRB e foi eliminado na cobrança de penalidades. Depois disto ainda tomo uma pancada na 1ª partida da decisão do Goiano e encerrou sua trajetória na equipe esmeraldina.

È a Copa do Brasil com suas realidades, com suas histórias e com os recursos que compõe o orçamento dos clubes mais frágeis. Que venham os primeiros confrontos continuo sendo mais Alagoas.

  • Marinaldo

    A diretoria do csa só vai tomar uma posição com relação ao técnico quando sair copa do Brasil (amanhã),sair da copa do nordeste e perder o clássico para o crb , muito fraco esse técnico.

  • Sampaio

    Não tenho esperança na classificação do CSA, time muito fraco, sem noção, sem comando, sem raça, sem alma, sem vergonha.

  • ivo

    Ufa! Que desabafo; Amanhã estarei de camarote assistindo essa pelada desse time fraco. Espero que perca o jogo, assim começam a ocupar o espaço devido. Se o Galo tivesse perdido, com certeza a arriação estava rolando, como o regatão ganhou o jogo, os caranuejos estão todos na loca, opinião só depois do jogo deles, pense numa confiaça! Essa diretoria sabe jogar dinheiro ao vento kkkkkkkkkk

  • Luiz Gustavo

    Boa tarde, iremos passar de fase amigos, obrigado pela preocupação, mega, super e hiper time do roteiro conseguiu levar 02 gols do cabecinha kkkkkkkkkkkkkkkk.

    • CRBstories

      quem perdeu do mixto frio com gol do amendoim pode falar de quem passou de fase mesmo! hahaha