CRB venceu adversários em um único jogo – Blog do Marlon
Vitória do CRB para aumentar confiança e abrir caminho para o G4
O estrago feito pelo Furacão em um CSA destroçado

 

 

O CRB conseguiu mais uma vitória na Série B do Campeonato Brasileiro.  Foi a quinta em onze jogos que disputou na competição. No entanto, o CRB não derrotou apenas o Criciúma. O time regatiano também venceu adversários como uma cobrança do presidente Marcos Barbosa, o desgaste sofrido após o jogo contra o Operário e a desconfiança do torcedor após duas derrotas – das cinco sofridas – em casa.

O CRB venceu o Criciúma até com uma certa tranquilidade, mesmo observando que o Galo foi beneficiado por um erro da arbitragem ao anular um gol do atacante Léo Gamalho, que não apresentava posição de impedimento. Mas o time carregava a cobrança do presidente Marcos Barbosa após a derrota para o Operário. Também havia o desgaste como um grande adversário do CRB no jogo contra o Criciúma.

O CRB entrou em campo com uma mudança de característica ofertada pela estratégia do técnico Marcelo Chamusca, muito disto, em virtude do desgaste sentido após o jogo em Ponta Grossa (PR).

Após um início mais forte, o CRB puxou o ‘freio de mão ’e dosou o desgaste. Diferente de outros jogos que já vimos no Rei Pelé, o CRB não era intenso, não marcava forte, não agredia o homem da bola, dando espaço – e campo – para o Tigre gostar do jogo. Mesmo assim foi o CRB que mais finalizou e que teve mais oportunidades ao longo de toda a partida.

No segundo tempo, seguiu com um ritmo menor, mas em determinados momentos conseguia acelerar a partida e nestes momentos, chegou aos dois gols. Alisson Farias mais uma vez , fez uma bela partida. Foi o principal jogador da equipe, criou situações de finalizações e abriu caminho para vitória. Já o segundo gol foi marcado pelo incendiador Willie. Ele entrar no jogo e consegue criar a fumaça. Primeiro ele proporcionou uma furada histórica em um lance e depois definiu a vitória do CRB.

Para o salto que o Galo precisa dentro da competição, brigar no G4, o time precisa de resultados expressivos e talvez a grande oportunidade seja uma vitória fora de casa, contra um dos candidatos ao acesso. Vencer o Botafogo em Ribeirão Preto é um cartão de visita para o CRB dizer aos demais concorrentes que está na briga.

  • Luciana

    Marlon, não acredito que o GALO tenha time para brigar no G4, infelizmente! E sinceramente, os diretores dos clubes alagoanos não têm visão para a série A, tanto é a desastrosa participação do csa no campeonato até agora, pois cometeu os mesmos erros do CRB nos últimos anos, contatando jogadores decadentes e sem compromisso com a camisa que vestem. Lamentável!

  • José A de Oliveira

    CRB venceu depois da entrada do Willie, entrou com garra e contagiou os demais jogadores, Willians Santana tem potencial mais está jogando só primeiro tempo segundo tempo ele some do jogo. Se o CRB jogar com a garra o tempo todo como foi feito no segundo tempo desse jogo com Crisciúma, tem condições de vencer o Botafogo, diga-se de passagem, junto com o Bragantino são atualmente os dois melhores equipe da série B mesmo estando em 3º. se CRB jogar focado com garra o tempo todo tem condições de vencer, Botafogo tem sofrido a maioria das suas derrotas em casa. Tem um ataque perigoso e rápido seu centroavante Rafael Costa é um dos artilheiros da equipe, jogou no ano passado no CRB foi uma decepção só fez um gol durante toda série B, mais esse ano está confiante está fazendo gol. Se o CRB pensa grande ir para a série A, tem que jogar com raça, focado tempo todo assim vence-lo, Botafogo pode ser um dos adversários da serie A do próximo ano. Não pode dar vacilo como foi dado contra o Operário. Quando todos estão atentos esses jogadores são grandes.

  • ivo

    Uma vitória meia que por acaso. Não vi uma partida que traduza a confiança da torcida. Foi uma partida onde o Galo podia ter perdido. Digamos que o juiz colaborou para que o resultado fosse á favor do Galo, tenho certeza que se aquele gol fosse validado o resultado seria outro. Está ganhando, mas não passa confiança, precisa urgentemente de uma sequência que passe segurança para a torcida, é muito chato ficar no perde duas, ganha uma, empata outra. Falar de cansaço, é chover no molhado, todos enfrentam a mesma maratona, todo mundo sabe que o sistema é bruto e só os selvas se salvam.

  • Jr Malafaia

    A nossa realidade é apenas se manter. Provavelmente vamos sofrer menos que ano passado para alcançar a meta, mas não temos chance alguma de acesso.
    Falta muito pra almejar isso. Começando pela mente pequena do presidente, que nunca enxergou de verdade tamanho do CRB…

  • SANTOS

    Á HIS´TÓRIA DO JOGO TERIA SIDO OUTRA SE O ÁRBITRO NÃO ANULASSE O GOL LEGAL DO CRI´CIÚMA .

  • marcelo

    A questão Marlon e que o presidente do galo pensa muito pequeno e a torcida nao quer ver o time so em permanecer, e sim brigar e subir pra serie A , isso já devia ter acontecido pois nao sabíamos do presidente sua opinião, mais e uma vergonha,
    .

  • Ailton

    Essa de que se o arbitro tivesse validado o gol do Criciúma a história teria sido outra é conversa! o futebol sempre foi assim questão de detalhes só sei que o crb ganhou e merecidamente. o maradona fez o gol do titulo mundial metendo a mão na bola e todo mundo viu só o arbitro que não, sem contar que o crb também já foi prejudicado e muito por falha de arbitragens e se não pode subir p A se mantenha na B que é o lugar conforme o nível pra não ser criticado e se subir faça valer o acesso brigando mesmo que não consiga se manter.

  • Eduardo Hora

    Setor ofensivo neste ano é bom. Alisson, Leo, Willie, Felipe Ferreira e Willians Santana são jogadores que sabem tanto passar quanto fazer gols. Mas CRB precisa ter mais elenco. Um primeiro volante para dividir responsabilidade com Claudinei. Laterais marcam mal. Tanto de um lado quanto de outro. É aproveitar o bom momento técnico para encorpar o elenco e disputar o G4.