Efeito tsunami nas palavras de Marta – Blog do Marlon
Temos um problema sério na Seleção
Por que o CSA teria ‘direito de vitrine’ em relação a Matheus Sávio?

Brasil cai para França na Copa do Mundo: futebol feminino precisa de mais apoio – Foto: Getty Images

 

O discurso da jogadora Marta após a derrota para a França que causou a eliminação da Seleção Canarinha da Copa do Mundo teve o efeito de um tsunami. Com a força da melhor jogadora do mundo, o discurso atingiu a todos.

Somos um país essencialmente machista, criado neste ambiente, reproduzindo situações e tudo isso, intensificado pelo momento de dicotomia do país, onde o empoderamento feminino incomoda. Uma prova disto é que a informação que Marta marcou o17º gol nos mundiais e surgiu a comparação que ela havia superado jogadores como o alemão Klose e Ronaldo causaram revolta entre os homens. ‘Não se pode comparar’ foi a justificativa.

A emocionada fala de Marta também foi um recado para todo o grupo. Interpretei que seria preciso mais dedicação, uma melhor preparação, era necessário que mais jogadoras tivessem chegado inteiras para a disputa. Também mostra a necessidade de mais apoio, incentivo, projetos de desenvolvimento para que o futebol feminino possa sobreviver em um nível competitivo que sempre tivemos.

O problema é que o discurso atingiu a todos nós. Talvez hoje seja fácil surfarmos na onda do futebol feminino, comentarmos, apontarmos o dedo. Alguns começaram a fazer o seu papel, mesmo que tenhamos uma visão crítica sobre os motivos.

Começo a avaliar, colocando o ‘dedo na ferida’ e o primeiro questionamento é a mim mesmo. Quando foi que comentei sobre futebol feminino? Quando transmitimos um jogo de futebol feminino? Quando escrevi no blog sobre futebol feminino? A autocrítica é necessária porque agora, todos vão comentar, falar, ter questionamento sobre o futebol feminino.

Sabemos as bases do futebol feminino em Alagoas? As jogadoras de destaque? As pioneiras? Quantos sabem que a camisa 23 , Geise também é alagoana e cansou de jogar no esburacado campo do Cleto Marques Luz ?

A pancada dada por Marta em suas palavras também o CSA, por exemplo. Questionamos quando o CSA terceirizou seu futebol feminino? O licenciamento da CBF obriga os clubes que disputam a Série A e que o CSA se juntou a União Desportiva Alagoana (UDA) para disputar a Série A2 do Brasileiro. Entendo que foi uma ação imediata, pois o CSA já está desenvolvendo peneiras para captar novas atletas e formar, inclusive, uma nova categoria, também exigência do licenciamento. O torcedor do CSA sabe a campanha da equipe no Campeonato Brasileiro? Qual a posição? Já assistiu algum jogo do time em Maceió?

A FIFA passou a incentivar mais o futebol feminino pois enxerga um potencial econômico, um grande negócio. Isto também vale para Conmenbol e para própria CBF. A entidade máxima tem iniciado a parte que lhe cabe. Aos poucos tem criado competições, implementado projetos, mas ainda cabe, exemplo, a criação de escolinhas em vários estados, o incentivo da prática do futebol feminino, nas escolas e nas universidades. A Federação Alagoana de Futebol, a Secretaria Estadual e as Secretarias Municipais também precisam criar projetos e ações que visem desenvolver a prática. Embora precise ressaltar que a FAF organiza o Alagoano Feminino e a SELAJ criou e organiza a Copa Rainha Marta.

Ainda temos muito, mas muito mesmo a descobrir, a aceitar e apoiar porque o futebol feminino precisa de muita, muita coisa para vivermos ele com mais intensidade e não surfar na onda de uma competição como a Copa do Mundo.

  • Carlos Magela

    Muito analítico e crítico , como sempre diferente de todos que li. Parabéns

  • GEDSON kbça

    Já existe uma linda e boa torcida torcendo por o footbol masculino . Sendo que poucas vão na companhia de seus parceiros é muitas vão em grupos de amigos também. Imaginem quando de fato acontecer o emparelhanento de ambos no footbol. ….. pois quando minha esposa mim chamar pra assistir um jogo no estádio rei Pelé eu irei com todo apoio…

  • Gean

    Vivemos em um país essenciente machista, em que as próprias MULHERES preferem assistir a um jogo de futebol para ver Neymar ou C. Ronaldo, ao invés à própria seleção feminina. VAI COM CALMA NAS PALAVRAS AMIGO COMENTARISTA.

  • Jairo

    Martha não jogou nada nessa Copa. Quando o Brasil precisou em Olimpíadas ou Copas anteriores ela pipocou, e agora vem dizer que nem sempre terão uma Marta?????? Ganhou o que além de PAN? Agora vive nos jogos do CSA pra aparecer já que o time despontou no cenário nacional, mas nunca a vi num jogo no tempo que o CSA não tinha divisão e caiu pra série B do alagoano. E alagoana, jogou muito, mas a Verdade tem quer dita.

  • azul e branco

    Enquanto o futebol brasileiro tiver pessoas que estão na CBF E em federações de futebol que na verdade não entende de nada só esta ali para seu benefícios próprios . Ai o esporte em geral nunca vai evoluir no nosso brasil . Exemplo maior de vergonha e a CBF

  • Ivo

    O futebol feminino tem hoje um lugar de destaque no mundo, menos no Brasil. Tona-se assim,necessário que a mídia seja o ponto de partida . O que a impressa tem feito pelo futebol feminino? É os clubes? É as empresas? Sem esses incentivos nunca o Brasil será uma referência. Temos a melhor jogadora do mundo é só, nunca ganharam nada. Porque o vôlei tem seu lugar ao Sol? Porque passou uma fase ganhando tudo. A torcida apareceu gradativamente, não foi de um dia para o outro. Primeiro mostrou a que veio, depois colheu-se os frutos,apareceu quem investisse e o vôlei é uma potência. Com o futebol feminino será igual,ou ganhasse ou irão ficar vendo a banda passar . Perderam uma grande oportunidade, melhor do que ficar de insatisfações é trabalhar duro e guando surgir as oportunidades aproveita-las. A vidA tem esses mistérios.

    • Jr Malafaia

      Vou alguma feminista falar dessa Copa?
      Alguma postagem no estádio vendo os jogos, ou mesmo em casa em frente TV. Ou seja: apoiando de alguma forma? Não…
      Até os parceiros de mimimi, os LGBTQX ABCD 1234 XYZ marcaram a parada deles para o mesmo horário do jogo. E lá nos trios elétricos estavam um monte de cantora que defende a causa feminista.
      Nem elas se entendem

  • Jr Malafaia

    Ela não é a maior artilheira da história das Copas. Ela sequer ultrapassou o Klose. Não cheguei e nunca chegarei no estágio de revolta citado pelo Marlon, mas gosto do que é certo.
    Marta é a maior artilheira das Copas femininas e o Klose, da masculina. Ponto.
    Outra: porque as meninas jogam com 5 estrelas no escudo se nunca ganharam uma Copa do Mundo?
    A França feminina não carrega nenhuma estrela na camisa. Justo, pois nunca venceram um mundial. No masculino, a França venceu 2x e carrega 2 estrelas no peito.
    Mais uma: a Marta deixou a bola de lado nessa Copa. Optou por lacrar. E só!
    Luta inútil. Elas vão ganhar o que os homens ganham com salários e patrocínios no dia que o futebol feminino der o lucro que o masculino dá. Simples…
    Abriu mão do que recebia e jogou com a chuteira toda preta. O nome disso é burrice. É rasgar dinheiro!
    Já diz o vô mais amado do Twitter, Joaquin Teixeira: “QUEM LACRA NÃO LUCRA”
    Obrigado, de nada.
    #PAZ

  • Jr Malafaia

    O maior problema não é gestão, cultural, grana, patrocínio, cobertura jornalística…. Nada!
    O maior problema é que o jogo é feio, desinteressante, ruim, bisonho. Mesmo um jogo entre os melhores times ou seleções femininas são horríveis de ver.
    Diferentemente do vôlei e basquete femininos, só pra citar alguns exemplos…

  • Glorioso

    Ela é a rainha da mídia, porque na seleção nunca ganhou uma copa.

    • Carlos

      Quantas Copas do Mundo Cristiano Ronaldo e Messi ganharam? Nenhuma. Nem por isto podem ser considerados apenas jogadores da mídia.

      • Glorioso

        Rei do Futebol só e somente só o Rei Pelé, o resto é resto. Tenho dito!

  • Petrucio Raimundo de Medeiros

    Quem conhece a história de vida de Marta não se surpreende com essa atitude. Ainda mantém suas origens e sua dignidade. Ser á melhor do mundo por seis vezes só nos enche de orgulho. Levou Alagoas ao patamar jamais levado por outra ou alagoano. Quanto a igualdade só aqueles que tem a mulher como seu objeto pensa dessa forma. Minha maior fonte de inspiração é minha mãe e a segunda é minha esposa a quem dividido minha vida há mais de quarenta anos. Parabéns Marta, parabéns mulheres!

  • ARMANDO

    Por questões que vão do preconceito ao fator econômico, o futebol feminino é uma realidade distante no Brasil. O atual modelo de gestão da entidade maior (CBF) e Federações, voltado para a elite dos clubes, também contribui. Porém, não se deve desanimar. Força, guerreiras!!

  • Antônio R.

    Malafaia falou bem, é um jogo de robotizado, todo mundo duro, sem noção em campo, você não vê uma jogada quê diga, quê lance, as defesas de todos os times duras, falhas infantis, ou seja não dá tesão em assistir esses jogos e o melhorzinha, ou seja o menos robotizado é o Brasil, mais não tem estrutura, é uma pena, mais a verdade tem quê ser dita.

    • Jr Malafaia

      Aí fica todo mundo pisando em ovos pra falar do futebol feminino. Com medo de “se sujar” com amigos, família, no trabalho ou pior: nos verdadeiros tribunais que são as redes sociais.
      Preferem pagar pedágio ideológico e engolir o sapo.
      Futebol feminino é feio pra caramba. Eu não gosto, não escondo que não gosto, e isso não faz de mim um machista.
      Já virei madrugadas em frente a TV acompanhando a seleção feminina de vôlei no extinto Grand Prix. Nos bons tempos da Band, via tanto a NBA como a WNBA também. As reivindicações da Marta são legítimas, porém, está fazendo da forma errada. Indo pelo caminho do confronto, do “nós contra eles”.
      Isso é querer lacrar. E o lacre pode sair pela culatra!

      • Leo D.

        Perfeito, realmente não se dá importância de uma forma geral porque a maioria das mulheres ou homens nem gostam, nem sequer assistem pra incentivar até uma maior procura ou conhecimento das categorias de base das mulheres no caso.
        Tecnicamente e plasticamente não acho um jogo legal de ser ver, nem por isso tb não me considero um machista.
        Agora a postura da Marta foi totalmente desnecessária e burra financeiramente, pois pra uma marca de material esportivo não da pra comparar a representatividade dela para a de um Cristiano ou Messi.
        Uma briga contra o mercado financeiro sem argumentos minimamente aceitáveis.

  • Azulino

    Triste pela desclassificação.
    Esperava um pouco mais da nossa seleção feminina. Mas, como a nossa rainha Marta falou: têm que haver mais incentivo da nossa CBF e as demais Federações e, ainda,
    um imenso comprometimento das atletas.
    Acredito que teremos muitas alegrias com o futebol feminino e as demais categorias representadas por nossas atletas.

  • ivo

    Criou-se o estigma do preconceito, descriminação e algo que o valha. A CBF podia ter injetado um caminhão de Euro, que o resultado seria o mesmo, “derrota” não adianta a rainha sem reinado querer assumir um trono. Tem umas três ou quatro que sabe jogar, o resto só corre, e futebol não é correria, são fracas! Não precisa que ninguém me diga, estou vendo o jogo e acima de tudo o resultado. São fracas e tem muita gente massageando o ego da turma, é muito simples transferir-se as
    responsabilidades, o difícil é assumi-la. De discurso pronto estou cheio.

  • Luiz R S Filho

    Amigos…..eu só digo o seguinte…..O maior exemplo de que quando se quer profissionalizar um esporte na integral concepção da palavra é o Voleibol Brasileiro….tanto masculino quanto feminino. Estrutura física, tecnologia e metodologia de trabalho – e principalmente – jogadores ATLETAS, Treinadores e Comissões Técnicas, disciplinados e com metas a serem atingidas, beirando a perfeição. O resultado está aí nos últimos 20 anos. Só não reconhece quem não quiser.

  • José A de Oliveira

    Espero que esse tempo de treinamento CRB esteja aproveitando para corrigir erros na defesa, meio de campo e ataque, nos ultimos dois jogos falharam demais. Pelo histórico do Chamusca pensei que ele fosse mais inteligente mais é meio fraco, espero que nesse tempo ele mostre que estou errado e seja inteligente. Quero ver o jogo contra o Guarani se esse tempo está sendo aproveitado e aparece as jogadas ensaiadas, faltas bem cobradas e um time mais eficiente.

  • Devilson

    Sempre diferenciado parabéns pela analise !!!