A 1ª vitória do CSA na Série A teve destaques fora e dentro de campo – Blog do Marlon
Problemas semelhantes exigem soluções semelhantes
CRB precisa comemorar ponto pois Vila merecia a vitória

Comemoração do gol azulino: 1ª vitória na Série A – Foto: Pei Fon – TNH1

 

O CSA conseguiu a primeira vitória na Série A do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Goiás no Estádio Rei Pelé. Esta vitória foi construída com participações importantes dentro de campo de jogadores como Didira, Jordi, Castán, Gerson e Carlinhos, que tiveram atuação mais destacada e com a atitude, a vontade de ganhar do técnico Marcelo Cabo.

Também foi um CSA que jogou muito mal no primeiro tempo, mas soube sofrer e contou com o inspirado Jordi fazendo defesas importantes. No segundo tempo, Marcelo Cabo foi decisivo com a mudança na escalação, sacando Nilton, trazendo Victor Paraíba, mas principalmente deixando Didira como um coringa em campo, fazendo – com eficiência – diversas funções no jogo.

A vitória mostrou mais uma vez, a força do time azulino no Rei Pelé. Durante a entrevista coletiva, Marcelo Cabo citou que apenas CSA e Palmeiras estão invictos dentro de casa. Isso reforça o meu posicionamento contrário a venda do mando de campo.

Os três primeiros pontos vindos de uma vitória, fizeram o CSA dobrar sua pontuação na competição, chegando aos seis pontos e oferta um novo ânimo, aumenta a confiança para o confronto contra o Atlético em Belo Horizonte.

Mesmo figurando na zona de rebaixamento, o CSA está brigando com outras três equipes com o mesmo número de pontos.

Também pinçada da coletiva, uma fala de Marcelo Cabo ficou sem indagação complementar. Cabo ressaltou que o grupo ouviu muita coisa e que isso serviu de combustível, mas o ponto observado é que ele cita que ‘as vezes a gente escuta muitas coisas, até internamente, que nos entristece muito’. Não foi indagado ao técnico o que seria isto, mas isto fica para outro post.

 

 

O Jogo tático

 

O CSA trazia como novidade após a expectativa a escalação de Maranhão no lugar de Madson. Era grande a expectativa após a apresentação contra o Rio Grande do Sul, contra o Internacional.

Surpreendentemente, o CSA que havia mostrado uma evolução na transição ofensiva na última partida não existiu no 1º tempo no Rei Pelé. Era um time lento e que não conseguia sair jogando. O time apresentava apenas a ligação direta, buscando Patrick Fabiano e contra dois zagueiros, Fabiano não conseguia ganhar os duelos. A bola batia e voltava e o CSA ainda apresentava um problema de marcação de Nilton que já não consegue ser intenso neste quesito. Apenas cercando, Nilton permitia que Giovani Augusto articulasse as principais jogadas ofensivas do time goiano.

O Goiás encaixa a marcação e quando a bola chegava nos volantes do CSA, a marcação pressionava o homem da bola e o CSA era forçado a voltar a bola para os zagueiros.

O CSA só veio conseguir jogar aos 35 minutos quando conseguiu circular uma bola, para o Carlinhos, que acionou o Didira e por pouco não conseguia marcar e na sequência, o próprio Didira chutou de perna direita para o gol e assustou o goleiro Tadeu.

No finalzinho da partida, Leandro Barcia teve outro duelo com Jordi e novamente, o goleiro azulino fez um milagre, defendeu a finalização garantindo que o CSA fosse para o intervalo com a igualdade no marcador.

No intervalo falei que tinha certeza que o técnico Marcelo Cabo iria corrigir o problema de lentidão do CSA na saída de bola. Ele trouxe o fedback para os jogadores e para o torcedor que queria ganhar o jogo. Sacou Nilton e trouxe Victor Paraíba. Além disto, mostrou a importância de ter um jogador multifuncional dentro de campo: Didira. Ele passou a ser o segundo volante. O CSA tinha uma dinâmica maior e com isso, algumas jogadas começaram a sair. Logo aos seis minutos, Victor Paraíba recebeu de Didira, cruzou, Patrick Fabiano desviou para o gol , mas estava impedido e o gol acabou sendo anulado.

O CSA já estava diferente. Conseguia jogar, Didira quebrava as linhas e até mesmo Naldo cresceu. Parecia ser uma questão de tempo para o time azulino chegar ao gol.

E isso aconteceu. Novamente em um lance direto, Patrick Fabiano , desta vez, ganhou o duelo. É preciso fazer uma ressalva no lance. A arbitra Edna Alves Batista foi perfeita no lance. Patrick Fabiano recebeu duas cargas, que poderiam ser interpretadas como faltosas, mas ela deu a sequência do jogo, aplicando corretamente, a lei da vantagem.

Ele venceu o duelo e conseguiu encontrar o atacante Maranhão, que sozinho dentro da área, chapou a bola com qualidade, tirou de Tadeu e marcou o gol: CSA 1 a 0.

Depois disto caiu um dilúvio. Marcelo Cabo recompôs o corredor central com Dawhan, que deu a dinâmica que precisava no corredor central.  Ai sem sofrer maiores sustos, o CSA conseguiu sua vitória.

Melhor em campo foi Didira. Mostrou a importância de um jogador versátil.  Roubou bola, desarmou, armou, finalizou. Foi o dono do jogo. Patrick Fabiano foi o garçom.  Marcelo Cabo trabalhou melhor na partida e deixou claro a intenção de buscar a vitória com uma leitura perfeita do que o time precisava. O atacante Michael não entrou no campo. Ficou no bolso do lateral Carlinhos.

  • Silvio César

    Até entendemos a necessidade financeira do CSA, mas ficou claro a importância de jogar no Trapichão para conseguirmos os pontos e o controle nos jogos. Espero que a venda do mando do campo não se repita. JODIR E O DIDIRA DESTAQUE NO JOGO.

  • CSA Povão

    O menino Paraíba tá pedindo passagem!

  • adeildo SANTOS

    AINDA ACHO QUE DAWHAN É TITULAR NESSE TIME , UM 10 E UM CENTROAVANTE URGENTE !!!!!

    • Eduardo

      Concordo! Na verdade o Dawhan nunca deveria ter perdido a titularidade. Sempre foi o jogador mais regular do CSA ao lado do Didira.

  • Cardoso

    O AZULÃO precisa urgentemente de um meia esquerda a quê dê ritmo ao time, quê faça uma transição rápida e quê defina de fora da área com precisão, também precisa de um homem gol quê defina as chances de gol e tem mais o CSA perde muitos gols, isso no fim do campeonato vai fazer falta. Sobre Patrick Fabiano, péssimo jogador, nesses jogos que o mesmo jogou perdeu 4 gols feitos, não é falta de sorte é ruindade mesmo, dizem quê foi artilheiro o de passou, hora onde ele foi artilheiro, lá o jogo é de botão, ou você mata ou morre, no caso dele, já morreu.

  • AZULINO JACARECICA

    Foi uma vitória histórica para o CSA. O único representante de Alagoas, na competição mais difícil do mundo, a Série A, precisava dessa vitória. Sabemos que o time ainda não está apresentando um futebol brilhante, mas é o que temos para o momento. Reforços ainda irão chegar e ainda não temos a formação ideal. O mais importante disso tudo foi a vontade de vencer. Quanto aos comédias, eu só lamento. Chorem e se ficar puto é pior!

  • Ademilson

    Vitor Paraíba entrou muito bem no jogo, no entanto parece não ter condições físicas de aguentar toda uma partida. Aliás, vai bem melhor quando pega os adversários mais desgastados.

  • ivo

    Todo marujo virou matemático, a sua bandeira é um caderno pra fazer contas da classificação. Além disso, azulino agora deixa de ser chinês para torna-se japonês, diga-se, ler de trás pra frente, pra ver a classificação, uma vez lanterna, sempre lanterna.KKKKKKKKKKKKKKK

    • AZULINO JACARECICA

      Engraçado, esse tal de IVO deve ser um AZULINO enrustido. Vive perdendo tempo com o MAIOR AZUL DO MUNDO. Chora não galinha.

  • Álvaro Costa

    Ivo, o recalcado, sempre dando ibope pro nosso azulão! Queria saber em que momento o CSA esteve na lanterna? Nem na primeira rodada com a goleada que levamos do Ceará estivemos na lanterna. Agora estamos em 17 e no bolo! O que importa é terminar o campeonato do 16 pra cima e nós vamos conseguir esta façanha! Pode usar o secador de apostador que não vai funcionar! O CSA está melhorando… Se ficar puto é pior!

  • Carlos

    Esse regatiano foi até educado. Nos chamou de marujos. Parabéns!

  • andenson

    acho que não teria necessidade de tirar o Nilton pois e jogador que esta começando no time e merece ficar o tempo todo no campo pois e o que mas tem experiencia para passar para outros

  • ivo

    Tá bom! termine o campeonato hoje e vcs vão para a serie B, kkkkkkkkkkkkkkk isso né lanterna não! kkkkkkkkkkkkkk tá fora do z4, opior cego é o que não quer ver.

    • azulino bebedouro

      Ivo, por que vc não se preocupa com o desmanche do patrimônio feito pelo presidente do seu timeco do interior? Por que vc não se preocupa com o balanço financeiro do seu timeco que nunca foi feito? Por que vc se preocupa tanto com o MAIOR AZULÃO DO MUNDO? O seu timeco pequeno do interior passou 250 mil anos na Série B e nunca sequer brigou para subir para a Série A! VC deve ser mesmo um azulino enrustido ou deve ter um amor platônico pelo CSA! VC deve ser mesmo recalcado e invejoso! Vai colher os ovos no galinheiro em Roteiro! Tocedor de time pequeno é dose viu. Chora não comédia e SE FICAR PUTO É PIOR!

      • ivo

        Ô bestão! Tú pensa que estão trabalhando por amor no teu time meia boca, pare de se enganar.

  • José A de Oliveira

    Se o CRB quiser almejar alguma coisa mais alta na série B, precisa jogar esse jogo contra o São Bento e os próximos jogos como o CSA jogou contra o Goias, com raça. A torcida do CRB só fica motivada a comparecer aos jogos quando sentem confiança na equipe, mais precisa comparecer nossa torcida tem perdido até para o Brasil de Pelotas que até o ultimo jogo estava na lanterna, além de estamos perdendo para o CSA em comparecimentos, que tem uma torcida que cabem todos em uma Kombi mas comparecem aos jogos mesmo na zona de rebaixamento, jogo contra o Goias foi um exemplo.

    • Eduardo

      “A torcida do CRB só fica motivada a comparecer aos jogos quando sentem confiança na equipe.” (Torcedor Modinha)
      Você retrata bem o que é a torcida de Roteiro: COVARDE e INSIGNIFICANTE.

  • Glorioso

    Vamos que vamos Azulão – Elite do Futebol Brasileiro.
    Enquanto no “O Galinheiro Alagoano” é só cocórocó!

  • Antônio R.

    Engraçado, o comédia Ivo, não falou nada quando o timeco de roteiro empatou, com poucas pessoas no rei Pelé, onde de novo teve prejuízo, pagou prá jogar, aí o Ivo, cheira cueca ficou caladinho e não deu pitaco, porém quando o AZULÃO joga aí aparece o ivo cheira cueca e fala com o maior prazer, é como disse um regatiano no comentário do jogo do crb, muitos regatianos não vão ao jogo do time, aliás não tão nem aí pra o time o que eles querem mesmo é criticar o CSA e não olham prá o seu rabinho e eu chamo isso de inveja não é ivo, cheira cueca, kkkkkkkkkk, na verdade esse ivo é um verdadeiro idiota, serve de palhaço, tanto prá o AZULÃO, como prá o crb.

    • ivo

      Antonio Meere, o bom é curtir com esse time fraco do cesiah, cara esse sorriso amarelo seu só serve para me divertir. Estamos aguardando a barca azul , logo,logo ela sai, e, vcs começam a pular fora kkkkkkk, segure a sequência que vem, pode ajustar a caçola.

  • Antônio R.

    Ivo, cheira cueca, fale alguma coisa do teu timeco lá de roteiro, kkkkkkkkkk……. kkkkkkkkkk.. kkkkkkkkkk, cheira cueca.

  • Azulino

    Parabéns Azulão!!!

  • Álvaro Costa

    Ivo, o recalcado, fazendo as previsões de apostador dos últimos anos… Vê se aprende com seus erros, rapaz! Desde 2016 que vcs estão nessa de “a barca vai sair”, “não sobe de jeito nenhum”, “vai cair ainda no primeiro turno”. Se vc não sabe, o termo “lanterna” significa último lugar e nós não passamos por esta posição! Estamos na zona de rebaixamento e temos a esperança de sair em breve! Reconhecemos nossas limitações e o tamanho do desafio, mas acreditamos pq somos azulinos!

  • Álvaro Costa

    Agora que não tem mais nada o que discutir que prove a superioridade que só regateano vê, esse José Oliveira resolveu expressar uma alucinação de que a torcida do CRB é maior do que a do CSA! Acorde, colega! Você está delirando!

  • Glorioso

    É amigos série A é só para os maiores do Brasil. Veja o maior de Alagoas, subiu direto de primeira atropelando todo mundo.
    Por outro lado, o galinheiro alagoano (de-menor), está a vários anos tentando e não consegue, caiu várias vezes é o famoso de segunda e de terceira.
    As galinhas mortas todo dia agradece o maior de Alagoas (O Azulão), por ter dado a chance deles ver o Palmeiras, Santos, Botafogo, Corinthias, São Paulo, Fluminense, ATletico, Cruzeiro, Gremio, Internacional(só top) jogando no trapichão. Chupa galinheiro.

  • azulino bebedouro

    Como os comédias rosados de Roteiro não tem o que fazer, não tem time para torcer, não vão ao Rei Pelé, a moda agoraé dar IBOPE para o MAIOR AZUL DO MUNDO, O ÚNICO CAMPEÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL DE ALAGOAS, SIMPLES ASSIM. A moda dos comédias é ligar a TV e secar o CSA. Coisa de time sem torcida!Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. AS ROSADAS DE ROTEIRO ESTÃO DESCONTROLADAS! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Fiquem aí secando, que esse ano o CSA não cai e se ficar puto é pior! Esse Ivo deve ser um azulino enrustido, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkke cuidado que inveja é pecado!

    • Ivo

      Azulino de bebedouro, aquele abraço, boas contas na classificação, bons pesadelos , um bom rebaixamento, espero que seja melhor que o Paraná, pelo menos vocês tem algum argumento. Deixa que vou dizer Um, caímos mas fomos melhor que o Paraná
      Ķkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta Silvio César
Cancelar reply