A busca pelo equilíbrio entre defesa e ataque – Blog do Marlon
Orgulho na evolução apresentada
Classificação na sorte, sentindo desgaste e sendo vaiado

A semana do CSA foi marcada por polêmicas administrativas mas pouco se falou da importância do confronto deste final de semana contra o Internacional, na Arena Beira Rio em Porto Alegre.

O CSA vai enfrentar, até o momento, seu mais complicado jogo fora de casa.  A imprensa nacional desenha uma goleada do Inter sobre o CSA. Em campo, o CSA poderá mudar esta condição.

Espero o CSA jogando dentro de suas características: um time que joga de forma reativa, marcando de médio para baixo e buscando uma transição com força e velocidade.

Pelo observado nos jogos, Marcelo Cabo tem conseguido montar o sistema defensivo de maneira mais eficiente. É preciso deixar claro que é mais simples se defender, construir o momento defensivo. Trabalhar o momento ofensivo é muito mais difícil e que isto necessita tempo, que estes cinco meses é um tempo pequeno para construção com tantas mudanças.

Tendo como referência a partida contra o Avaí, as cobranças em relação ao CSA, em termos de desempenho, se dá pelo fato de a equipe azulina enfrentar o Avaí, que mostrou grandes limitações e que mesmo tendo construído jogadas mais em ligação direta, o CSA teve as duas principais oportunidades e mesmo assim, se mostrou deficiente na valência finalização.

Com as novas opções na equipe, me refiro a Madson que vem instável e Maranhão, que precisa de ritmo, o jogo ofensivo do CSA poderá crescer. Também é fundamental que Didira possa voltar a um bom momento e que Matheus Sávio possa ter mais momentos de regularidade, pois ofensivamente, ele se mostra como a opção mais regular.

O estilo reativo, adotado por Marcelo Cabo, ainda apresenta um defeito. Como marca baixo ao roubar a bola, o CSA está muito distante da área e o caminho a ser percorrido torna a chegada em bloco mais complicada. Também por isso, o CSA opta mais por um jogo de ligação direta. O grande desafio de Marcelo Cabo é encontrar o equilíbrio entre momento defensivo e momento ofensivo.

Claro que o Internacional é favorito e tem mais chances de ganhar mas o futebol tem sido muito igual, parelho e o CSA pode dificultar as ações do time gaúcho. É acompanhar e verificar estratégias e o desempenho em campo neste compromisso de peso pela Série A.

  • ivo

    Quando leio os comentários do Marlon, do jogo que ainda não foi jogado, fico com o coração apertado, de tanto que ele procura palavras pra no final dizer que o Marcelo Cabo, joga na retranca, vai direto ao assunto, onde já se viu um time pequeno enfrentar o Inter, no pau à pau, ainda mais com um uniforme, aliás, manto vermelho, vai tremer sempre…

    • azulino bebedouro

      Vc é realmente patético. Como o Azulão vai tremer? O seu timeco, sem torcida e sem títulos, foi vice-campeão alagoano 2018: KD A FESTA DO TETRA? Cadê a festa do título alagoano dos comédias em 2019? Realmente, os comédias de Roteiro são pedantes, arrogantes e patéticos. Coisa de time pequeno!

  • MAIOR DE ALAGOAS

    BI VICE! O MARCOS BARBOSA VAI VENDER O MANDO DE CAMPO DO CRBOSTA X CORITIBA PARA UM GRUPO DE JAPÔNES, ELES IRÃO LEVAR O JOGO PARA O SESI CAMBONA, PQ ESSA TORCIDINHA ESTA PREOCUPADA COM A SÉRIA-A E ESQUECENDO DE IR PARA OS JOGOS DA GALINHADA. SE FINGIR QUE NÃO ESTA PUTO É PIOR!

  • Pedro filho

    Eita, mas enquanto eu não for desmoralizado com 3 anos na segunda divisão do alagoano como a mundiça foi, sou o melhor time de alagoas(vejam o ranking OFICIAL da CBF.)
    REBAIXADO NO ALAGOANO, AH…NAO TEM PRECO MUNDIÇA…FOI MELHOR DO QUE GANHAR COPA DO MUNDO. A RAIVA DE VOCES É ESSA…O CRB SER O MELHOR…TOMA

  • Cardoso

    O rosinhas continua pecando, más eles não tão nem aí pra galinhada de roteiro, o negócio deles rosinhas é a inveja, o AZULÃO é BI CAMPEÃO e eles no bi vice, más não tão nem aí com o maior de roteiro, a porcaria do time deles ganhou porquê o juiz deu um pênalti quê ninguém viu, más eles continuam arrotando caviar depois se entupir de comer mortadela, mais a verdade e que eles os rosinhas jamais engoliram o acesso do gigante do Nordeste, enquanto isso a galinhada de roteiro tem prejuízo encima de prejuízo, pagando prá jogar e um dia a conta vai chegar,a galinhada tá contratando jogadores e a folha de pagamento já passou de 2 milhões e se cair, com uma torcida dessa acabou, há era, mais tudo bem deixem eles falarem do AZULÃO, na verdade isso é só inveja e ciúme.

    • Pedro filho

      E voces continua se incomodando com o CRB. Deve doer saber que foram desmoralizados com 3(três) rebaixamentos no alagoano e o galo NUNCA foi. Por essa raiva do melhor time de Alagoas, CRB. Vejam o RANKING OFICIAL DA CBF, nos ultimos 20 anos. Sempre o MELHOR clube de Alagoas.
      Coitados…quem vai invejar time que desmoralizou e humilhou seus torcedores com 3 rebaixamentos no alagoano. Essa ninguém tira, é PARA SEMPRE.

  • Seja justo.

    Marlon pode continuar deletando meus comentários mas ao menos seja mais coeso e também delete comentários ofensivos e depreciativos como chamar alguém de “mundiça” e outras coisas mais. Seja menos parcial ou assuma sua paixão pelo CRB.

  • Thiago

    Affff… Mais regatiano que azulino neste post… Mas Td bem… Vcs têm de olhar para os jogos que importam mesmo… Continuem falando de rebaixamento, de que são os maiores…enfim…venham sempre prestar atenção no CSA. É o que importa.

  • Glorioso

    O verdadeiro equilíbrio é o Glorioso Azulão na Élite do Futebol Brasileiro(A), retornou de onde nunca devia ter saído;
    A cocorocó morta, na segundona, rumo a tercerona;

  • Gomes

    eu fico olhando uns torcedores que ficam com raiva do seu próprio time e que tem vergonha de dizer que são do time rosinha que nem torcida tem aí querem falar o que esse ivo e muitos outros não tem nem o que falar porque seu time é uma vergonha só aí querem falar do MAIOR CAMPEÃO DE ALAGOAS …calados vocês não tem nem moral idiotas sofredores vão ao estádio apoiarem seu timeco babacas !

  • azulino bebedouro

    Boa noite, Marlon. Vc resumiu bem o atual momento do CSA na competição mais difícil do mundo. O CSA encontrou o equilíbrio defensivo. O problema está justamente no ataque. Patrick Fabiano precisa reencontrar o seu melhor futebol, encontrar o caminho dos gols. Matheus Sávio, Madson e Maidana precisam reencontrar a capacidade de criar jogadas e municiar os nossos atacantes. A diretoria precisa também contratar mais um meia e mais um centroavante.

    • ivo

      Em outras palavras!!! precisa mudar tudo!k kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta Cardoso
Cancelar reply