É bom lembrar: planejamento do CSA depende do financeiro – Blog do Marlon
Os desafios de Cabo como manager do CSA
Teremos uma novidade já conhecida?

Nas redes sociais, em grupos de torcedores, um discussão tem ganho destaque no começo deste ano: as contratações e o planejamento do CSA para a temporada 2019.

Entre aguardar o campo e cornetar existem diversas variáveis e diversas opiniões.

É interessante dizer que o planejamento de um clube passa pelo aspecto financeiro. O CSA tem um orçamento pré-estabelecido do que pode gastar no quadrimestre e assim está fazendo. Este momento de começo de temporada também serve para a realização de alguns testes de elenco, fato que o CSA está fazendo com alguns atletas jovens, com referência e promissores. Diferente de outros testes, o CSA está ‘impondo’ sua condição de ‘time de Série A’ e amarrando percentuais significativos, como citou Marcelo Cabo na sua coletiva, para o próprio clube. Série A é um ambiente de negócios e se pelo menos uma destas apostas fizer uma grande temporada e for negociado, o CSA garante o orçamento para o próximo ano. É deste maneira que o clube vai crescer e se estabelecer no mercado.

Vou citar o exemplo do atacante Lohan. Se fizer um bom Campeonato do Nordeste e uma Série A competitiva, com a camisa do CSA, será negociado e o time azulino trará recursos significativos para o cofre azul. O pensamento da direção está no caminho correto. Claro que a avaliação do jogador só poderá ser feita em campo. Não conheço alguns dos atletas, mas Marcelo Cabo disse conhecer e fez questão de dizer que pediu os mesmos, então devem reunir qualidades. Ouvi outros profissionais do mercado, Jair Ventura, foi um deles, e as referências aos jogadores também foram boas.

Quando digo que o planejamento está diretamente ligado a parte financeira é justificado pelo poder de fogo que a equipe possui. Quem ter poder financeiro, vai buscar o que tem de melhor já a partir deste momento. Podemos citar, o Goiás, como exemplo.

Tenho certeza que alguns jogadores que o CSA desejou agora, pra o começo da temporada, não foram contratados porque o CSA não quis pagar, R$ 40, 50, 60 mil , como paga o Paulistão. O time optou por analisar, monitorar desempenho e como tem pouca grana – em comparação aos outros – guarda o que – ainda – vai receber para dar o tiro certo. Mas não tenham dúvida na hora da formação dos times para a Série A, o CSA está incluído entre os 20 prioritários e ai o atleta, o clube e o empresário farão de tudo para o jogador vir para o CSA.

  • ivo

    É importante frisar que planejar é diferente de encaixar, e o sucesso das contratações passa por esse crivo. Entendo que não é por esta numa serie A que os cofres estão abarrotados de dinheiro para sair esbanjando e pagando altos salários sem saber se terá o retorno devido. Vi o CRB, no ano passado quase
    cair por ter contratado por nome, espero que esse ano seja diferente. O CSA, esta correndo na frente, tem mais recurso entretanto, espero a bola rolar pra ver o resultado.

  • IVALDO

    Perfeito.Alem de perfeito,esclarecedor.

  • Luiz Belo

    Entendo que o CSA está no caminho certo e não temos por duvidar dessa diretoria que ao longo desses anos tem agido com muita responsabilidade e os frutos foram colhidos bem antes do que se esperava. O CSA tem que correr por fora mesmo, pois não tem condições financeiras de disputar contratações com a maioria dos clubes da série A. Se o resultado será o esperado não se sabe, contudo, não se pode é colocar em cheque a saúde financeira do clube, pois não podemos perder de vista o sofrimento pelo qual passamos durante muitos anos. Parabéns diretoria!

  • Wagner

    Perfeita sua análise, Marlon!! Contudo, deve o CSA ter muito cuidado em alguns aspectos, pois no futebol brasileiro há diversas variáveis que podem acabar com o planejamento de um clube, principalmente de quem chegou agora na elite. Não basta “apostar”, tem q ter o resultado mínimo pra que se possa ficar visível no radar das contratações. Se for mal na CN, for eliminado cedo na CB e não vencer o estadual, todo o trabalho da direção vai ser questionado e os empresários, torcedores e investidores vão por um pé atrás em relação ao projeto. Acho também que é um risco essa liberdade excessiva para o Marcelo Cabo em relação às contratações. O cara trouxe na maioria jogadores do RJ ou refugos de times fracos. E se os resultados não vierem, vão manter ele mesmo assim? Marcelo já demonstrou teimosia em algumas situações e esteve por um triz de não subir em 2018. Se o demitirem, seus contratados irão render com outro treinador? Se o CSA estiver fazendo contratos prevendo esses riscos, aí sim está se precavendo. Vamos torcer!!! Grande abraço.

  • Felix

    ja estou vendo o mesmo filme daqui de goiânia , marcelo cabo se alia com empresarios e na quarta rodada perde o cargo.

  • Azulino

    Gostei do comentário do internauta Ivo e também concordo.

  • adiclenio

    vai ser um time balão subiu e vai cair se preparem.

  • Alagoano Indignado

    Boa tarde, Saudações Azulinas, estou gostando do planejamento do Azulão para essa nova temporada. Vamos formar dois times um para disputar o Alagoano, campeonato muito fraco por sinal e pouco vantajoso financeiramente, e outro time para disputar a CB e o Nordestão. Baixou a faixa etária desse novo grupo e mesclou com prata da casa e quando começar a série A, aí sim vai fazer algumas contratações pontuais e aproveitar os que melhor renderam até o momento. O CSA tem que se expirar no Atlético Paranaense, onde o time não tem estrelas, mas prata da casa que joga por amor e representa muito bem o time em todas competições. O objetivo do Azulão é permanecer na série A. Concordo com a direção, quando diz que não quer grife e sim desempenho. Espero um ano próspero para o nosso glorioso Azulão.

  • Sérgio Menezes

    Boa tarde a todos, Marlon já vinha colocando em resposta aos torcedores discentes que o investimento para a série A será outro, Wagner entendo sua preocupação mas ano passado fizemos uma CN horrível, CB sofrível e um alagoano apesar do título bem abaixo, temos que confiar nesta diretoria e no técnico, e nas arquibancadas faremos nossa parte, CSA tem que ter no mínimo 10 mil sócios, vamos pagar pelo menos 3 a 4 jogadores, vamos que vamos!!!

  • Sérgio Menezes

    Boa tarde a todos, Marlon já vinha colocando em resposta aos torcedores discrentes que o investimento para a série A será outro, Wagner entendo sua preocupação mas ano passado fizemos uma CN horrível, CB sofrível e um alagoano apesar do título bem abaixo, temos que confiar nesta diretoria e no técnico, e nas arquibancadas faremos nossa parte, CSA tem que ter no mínimo 10 mil sócios, vamos pagar pelo menos 3 a 4 jogadores, vamos que vamos!!!

  • Pedra Noventa

    Eu sou um azulino teimoso e otimista. CSA rumo a Libertadores. Tenho dito!
    Chora galinha morta.

  • Frank Oliveira

    pedra noventa, 1º vc é um tapado, o galo do GALO nada tem a ver com galinha e depois, vai devagar viu nego, sonha mais não cai da cama, pq em baixo pode ta o NEGÃO DO ZAP, te esperando…

    • Luiz R S Filho

      caro Frank….tá aperriado????? kkkkkk Todo Galo nasce de uma galinha…ou não?????? o AZULÃO até aqui com pés no chão….e colhendo os resultados positivos…. Quanto ao NEGÃO DO ZAP…É PREOUCUAÇÃO DOS TORCEDORES APOSTADORES…. que ainda não pagaram suas dívidas das apostas..kkkkkk

  • Jorge Fernando

    Eu acredito no planejamento da diretoria, são homens de visão comercial que sabem o que quer. O técnico é um mega profissional, trabalha estrategicamente para alcançar os seus objetivos e o do clube. A prova disso foi o vice brasileiro da série B, competindo com a maioria dos times mais estruturados, com plantéis mais caro. Acho que é por aí, infelizmente alguns torcedores quer ostentar, com a contratação de grandes nomes, que nem sempre rende. A exemplo do Alemão no ano passado, quando foi anunciado, todos diziam esse é o cara. Jogou quinze jogos não fez um gol.

  • Nivaldo

    Esse adiclenio acima ,só pode ser torcedor dos rosinhas, estamos na elite, azulão é série A,se ficar puto é pior.

  • azulino das antigas

    Acredito piamente na diretoria do CSA. Posso até neste ano morder minha lingua, entretanto um time mediocre como o CSA que alguns anos atrás vivia apenas das glorias do passado, e das chacotas e humilhações de todo o tipo disferidas principalmente pelos torcedores do nosso principal rival de AL.
    Quem não se lembra de um passado não muito distante quando o RT teve alguns entraves com a Jorge VI e sua diretoria por não concordar com suas atitudes. Hoje eu pergunto quem estava correto? O RT e atual diretoria (não nos esqueçamos deles também) são responsáveis de resgatar o CSA do ostracismo que ele vivia, do nada, da mediocridade, das dividas, do passivo trabalhista e de uma falta de organização geral.
    Toda esta diretoria organizou o Azulão e são responsáveis pelo atual momento, Saimos do nada, do descredito total, do zero a esquerda para 3 acessos consecutivos, e foi esta diretoria que nos proporcionou o atual momento que estamos vivendo. Lembro quando estavamos na série C e diziam que não iriamos muito longe e qual foi o resultado? CAMPEÕES. Já no ano passado, brigar com times de grandes estruturas financeiras como Goias, Curitiba, Vila, Ponte etc seria suicídio e o resultado qual foi? VICE e ACESSO a A. Diante do exposto, O RT e a atual diretoria tem em mim sua confiança total. Concordo apenas dos comentários que falam da teimosia do Marcelo Cabo, foi dado carta branca para suas indicações de jogadores e se os mesmo não derem liga como também com escalações equivocadas que prejudicarem o time é fácil resolver, cartão vermelho para ele.

  • Maior Campeão de Alagoas

    O CSA tem o menor orçamento da série A, se for fazer o que todo mundo faz (contratar os destaques da série B e jogadores em alta) vai ficar pra trás de todos que tem mais grava pra gastar. Se o CSA não consegue se sobressair na grana, tem que se sobressair na estratégia, assim como foi em 2018. Apoio 100% essa diretoria.