Subida meteórica e sonho do acesso realizado – Blog do Marlon
A permanência do CRB força a repensar o próximo ano
Eles são os responsáveis

Neto Berola, autor de trÊs gols, foi peça decisiva no jogo que garantiu o acesso – Foto: Thiago Parmalat – ASCOM CSA

 

 

Não resta dúvida que o CSA conseguiu um feito espetacular. Primeiro pela sequência de acessos avançando da Série D para Série A em quatro anos e depois por se tornar o primeiro time a conseguir todos os acessos em anos consecutivos.

Após vinte anos de participação do CRB na Série B, o acesso para o futebol alagoano parecia algo inatingível. “Não temos estrutura”. “Não temos ambição”. “Não temos planejamento”. Tudo isso foi detonado pelo CSA logo em seu primeiro ano na Série B.

A valorização do acesso é ainda maior quando buscamos personagens deste processo. Rafael Tenório, Raimundo Tavares e João Feijó tem participações fundamentais.

O presidente Rafael Tenório deixou de ser instável emocionalmente para se transformar em um dirigente respeitado nacionalmente. Raimundo Tavares estava enferrujado, afastado do futebol, participou de um futebol romântico, não tinha experiência e teria dificuldades em retornar a um futebol mais profissional. Administrou os momentos de dificuldade do CSA com a sabedoria de um profissional e com o romantismo de alguém que é apaixonado pelo clube. João Feijó foi defenestrado dentro do próprio clube mas jogadores que pertencem ao seu clube, como Didira e Dawhan, jogadores que ele trouxe no começo do projeto como Leandro Souza, Rafinha e jogadores que ele viabilizou a vinda, como Yuri foram fundamentais para o acesso.

Marcelo Cabo merece um capítulo a parte. Ele – já escrevi isto em pelo menos duas oportunidades – é o grande responsável pelo acesso. A qualidade do trabalho, a maneira de gerenciar, administrar, valorizar o grupo foi muito positiva. É bom lembrar que Cabo chegou ao CSA em clima adverso e com o time bastante questionado. Começou a Série B com praticamente a mesma formação do alagoano, trouxe peças que elevaram a qualidade do time e a partir deste momento fez o time ser um dos mais eficientes da competição. Perdeu peças. Remontou a equipe e aos poucos reconstruiu um time deixando-o com um nível de competitividade que o levou ao acesso.

Seria injusto citar jogadores, mesmo o CSA tendo alguns que se destacaram. Mas tanto o jogador que mais jogou como aquele que teve poucas oportunidades, fazem parte do trabalho do acesso.

Para fechar, a torcida do CSA teve uma participação absolutamente decisiva. Foi ela que ofertou mais de R$ 2 milhões de reais somente com bilheteria, foi ela que teve uma média de público de dez mil pagantes por partida, foi ela que acreditou o tempo inteiro no time e comemora como um dos momentos mais importantes da história do clube, o acesso a elite do futebol brasileiro.

  • Miral

    Rafael Tenorio e seus diretores deram uma aula a Marcos Barbosa e ao CRB de como se faz futebol. O CSA dignifica o futebol alagoano, enquanto o CRBesta, seus dirigentes e torcedores passarão mais 20 anos na sua mediocridade de transitar entre a segunda e terceira divisão do futebol brasileiro. Parabéns ao maior clube de futebol do Estado de Alagoas.

    • Luiz R S Filho

      Papo furado! O cessiá merece os parabéns pelos acessos, mas está longe de dar aula no CRB. Mediocridade foram os diversos anos do CSA até este momento, em que o clube nem calendário tinha. Aliás, neste século até estes últimos anos foram 2 rebaixamentos e somente 2 alagoanos. Passou anos transitando entre a primeira e segunda divisão do alagoano. Mesmo com os anos de acesso, perderam 2 campeonatos para o CRB. O sucesso do CSA foi garantido pelo fato de ter resistido aos momentos mais complicados, como os anos em que perdeu os campeonatos para o rival, e ter mantido uma base. O ponto é: esta base vai ser desfeita porque a terá que montar um time muito mais forte para séria A. Daí vai voltar a ser o velho cessiá, que tanto apanha do CRB. Só lembrando, ainda são 40 vitórias a mais no confronto com o “medíocre” Galo. Aproveitem o momento! Ele vai passar… Enquanto n´ós passamos anos transitando entre a B e C, o cessiá passou anos sem série. O bom do futebol é que ele nos permite a revanche.

      • Joao

        Quem? Cerrebe? Joga o que? Timeco, nunca jogou série A, clube que entra em competições para cumprir tabela. O CSA mostrou ser forte em campeonatos de mata-mata e pontos corridos. Vai chorar na cama, lá é mais quentinho.

      • Azulino

        Este post acima registrado Luiz R S Filho não é de minha autoria. Marlon como pode ocorrer este fato aqui no Blog ? foi usada minha identificação!!!!

      • Azulino da grota e da Serra

        CRB medíocre kkkkkkkkkkk

      • AZULINO BEBEDOURO

        CR o quê??? O que é isso? Onde vive? O que come? Como se reproduz? Que espécie é essa? Essas respostas vc irá encontrar, sexta no Globo Repórter! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. A rural para Roteiro vai arribar! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. E SE FICAR PUTO É PIOR!

  • Rogério Almeida

    O AZULÃO NA VERSÃO FÊNIX
    De acordo com estudiosos, o pássaro Fênix, na mitologia originária do Egito, simboliza a imortalidade: ciclos naturais de vida, morte e renascimento. Morria devorada por chamas e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Considerada um símbolo de resistência e persistência que transforma vida pós-morte e esperança em recomeço vitorioso.
    Fazendo uma analogia ao nosso Azulão que de tantas glórias em sua história, passamos por um período bastante ruim, triste, sem calendário para atuar e muita humilhação, fruto de más gestões anteriores e agora o renascimento vitorioso.
    Com um trabalho de organização e planejamento, com experiência adquirida e amor ao CSA, a diretoria do Azulão, sob o comando de Rafael Tenório e Raimundo Tavares, conseguiu chegar a um patamar, no triênio 2016-2018, que nem o mais otimista dos azulinos imaginaria alcançar em tão pouco tempo. Da segunda divisão do alagoano em 2010 para a elite do futebol brasileiro em 2018. Vice-campeão da série D em 2016, campeão da série C em 2017 (único título nacional do futebol alagoano), campeão Alagoano em 2018 após 10 anos e vice-campeão da série B em 2018. O único no Brasil a subir da Série D para a Série A consecutivamente. Como bônus, bateu todos os recordes do maior rival em sua primeira participação na série B com muita humildade e pé no chão.
    Parabéns e obrigado a todos que fazem o CSA, do mais simples colaborador aos diretores, ao competente treinador Marcelo Cabo e toda equipe técnica, a todos os jogadores que marcarão história no Azulão, à grande Nação Azulina que jamais abandonou o CSA – definitivamente a maior torcida de Alagoas – que em todos os jogos lotou o Rei Pelé apoiando o time nos bons e maus momentos e, principalmente, a Deus por tornar tudo isso possível.
    E VIVA O AZULÃO, A FÊNIX DO FUTEBOL ALAGOANO!
    SOMOS 1ª DIVISÃO DO BRASILEIRO!
    O MAIOR DE ALAGOAS!

  • Pedra Noventa

    Resposta ao MB, time de mundiça é o cr de b………………………………………………………………………………….

  • Ivo

    Agora é hora da torcida comemorar,esquecer o CRB, a vida segue,objetivo alcançado parabéns, a vida segue não se pode deixar de comemorar um acesso desse,é muito justo…vamos para outra etapa, o acesso foi ontem mas já passou.Será que vai continuar ganhando tudo?Acho que não.Enquanto isso, contuamos na Série b, e Alagoas continua na crescente futebolística.

  • Rogério Almeida

    O AZULÃO NA VERSÃO FÊNIX
    Segundo estudiosos, o pássaro Fênix, na mitologia originária do Egito, simboliza a imortalidade: ciclos naturais de vida, morte e renascimento. Morria devorada por chamas e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Considerada um símbolo de resistência e persistência que transforma vida pós-morte e esperança em recomeço vitorioso.
    Fazendo uma analogia ao nosso Azulão que de tantas glórias em sua história, passamos por um período bastante ruim, triste, sem calendário para atuar e muita humilhação, fruto de más gestões anteriores e agora o renascimento vitorioso.
    Com um trabalho de organização e planejamento, com experiência adquirida e amor ao CSA, a diretoria do Azulão, sob o comando de Rafael Tenório e Raimundo Tavares, conseguiu chegar a um patamar, no triênio 2016-2018, que nem o mais otimista dos azulinos imaginaria alcançar em tão pouco tempo. Da segunda divisão do alagoano em 2010 para a elite do futebol brasileiro em 2018. Vice-campeão da série D em 2016, campeão da série C em 2017 (único título nacional do futebol alagoano), campeão Alagoano em 2018 após 10 anos e vice-campeão da série B em 2018. O único no Brasil a subir da Série D para a Série A consecutivamente. Como bônus, bateu todos os recordes do maior rival em sua primeira participação na série B com muita humildade e pé no chão.
    Parabéns e obrigado a todos que fazem o CSA, do mais simples colaborador aos diretores, ao competente treinador Marcelo Cabo e toda equipe técnica, a todos os jogadores que marcarão história no Azulão, à grande Nação Azulina que jamais abandonou o CSA – definitivamente a maior torcida de Alagoas – que em todos os jogos lotou o Rei Pelé apoiando o time nos bons e maus momentos e, principalmente, a Deus por tornar tudo isso possível.

    E VIVA O AZULÃO, A FÊNIX DO FUTEBOL ALAGOANO!
    SOMOS 1ª DIVISÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO!
    O MAIOR DE ALAGOAS!

  • NUNES

    UM TIME FORA DE SÉRIE

    Em relação a dois fatos, os regatianos sempre tiveram razão. Primeiro, disseram que o CSA é um time fora de série. De fato, conseguir três acessos consecutivos justifica esta qualificação.
    Disseram também que o CSA não duraria mais do que um ano na série B, e não é que eles estavam certos novamente.

  • adeildo santos

    marlon, eu falei aqui que torcia muito,o csa na srie a e crb na srie b, porque movimentava a economia do estado
    era bom pra todo mundo, deu a logica, sou um torcedor inteligente,kkkkkkkkkkkkk

  • Sérgio Menezes

    Perfeito, e a torcida vai estar sempre junto ao time, humildade sempre, que venha a série A, mas antes temos Alagoano, C. Brasil e NE, trapichão será pequeno para a grande nação!!

  • Jorge

    torcedores do Crb o negon tá esperando vocês vão pagar a promessa o CSA já subiu.

  • Maior Campeão de Alagoas

    Você percebe a pequenez do crb e sua torcida quando ouve eles chamando a série B de “elite” e enchendo a boca pra falar “eu sou elite, eu sou série B” e ver comemorando orgulhosos a permanência na última rodada. Ninguém nunca viu azulino chamando série B de elite, até pq é parecida com a serie C, uma série que tem times sem expressão do nível de Boa Esporte, Oeste, Brasil de Pelotas, São Bento e crb não pode ser chamada de elite nunca. Parabéns Azulão, CSA realmente é um time fora de série, uma paixão acima de qualquer divisão!!

    • Luiz R S Filho

      Cessiá passou anos sem divisão… E ainda caiu 2 anos para a segunda divisão do alagoano. Subiu para série A… Agora vamos ver o que acontece. A história do futebol não acabou no sábado.

      • Azulino da grota e da Serra

        Mesmo passando anos sem divisão e sendo rebaixado 2 vezes em anos anteriores passou igual um trem bala pelo time de Roteiro.
        Engula o choro é guarde suas mágoas.
        A história do futebol não terminou no sábado e não começou na sexta-feira esse vice campeonato da Série B já é o quarto do CSA, já o CRB como deve ser chamado por respeito a instituição Regatiana com mais de 100 de existência não conquistou nada a nível regional ou nacional.
        O CSA já começa ganhando pelo respeito que se porta com o seu adversário.
        CSA tem passado,presente e futuro.
        Aos que não gostam do CSA só tenho a lamentar.

  • Interiorano

    Pessoal, não sou torcedor do CRB e nem do CSA e como sugestão, “deixem de criticar um ao outro”! Só porque o CSA subiu para a Série A, criticam porque o CRB está a 20 anos e não sobe! Vocês deviam estar satisfeitos, pela representatividade do futebol alagoano no cenário esportivo brasileiro! Um time permaneceu na Série B (o que não é fácil) e o outro subiu para a Série A! Isto é motivo de orgulho para o futebol alagoano! O fato é que vários fatores contribuíram para o CSA subir e o mais importante é que o time conseguiu jogar todo o Campeonato Brasileiro da Série B de maneira uniforme e homogênea, ou seja, saía um jogador e o substituto não alterava o padrão de jogo; 2º) Outro fator que deve se levar em consideração é que vários times que sempre brigaram por Série A, não tiveram uma boa participação este ano como Criciúma, Figueirense e Guarani! O próprio Atlético Goianense, e Ponte Preta só vieram melhorar quase no final do campeonato! Lembrem se que no futebol nem todo ano são só alegrias! Todos os anos, uns riem e outros choram! Têm times que você não sabe nem por onde anda (Botafogo – PB, Joinvile, Luverdense, Náutico, etc.)! Lembrem se que o Santa Cruz foi só alegria durante uns 4 anos, isto é, saiu da Série D para a Série A e aos poucos, foi retornando novamente! Tomara que o caso do CSA seja parecido com o caso da Chapecoense, isto é, um time de médio/grande porte que está sempre na Série A dando trabalho a Corinthians, Internacional, Flamengo, Palmeiras, etc.! Permanecer no topo é mais difícil do que chegar ao topo!

    • Luiz R S Filho

      Cidadão Interiorano….Iria parar/interromper em ler seu texto na expressão “deixem de criticar um ao outro”. Mas como sou teimoso fui até o fim. Sou torcedor de futebol há pelo menos 57 anos….. neste pouco tempo da vivência (posto que somos eternos) não existe o futebol (torcida) sem a crítica de um para com outro. O que é abominável são os atos de réplica das criticas utilizando-se da violência – que é o que infelizmente vem ocorrendo aqui em Alagoas e no resto do País.
      Esta “surpreendente” ascensão do CSA (aliás inédita no Brasil) nada tem de “surpreendente”….isso mesmo….não é obra do acaso…e sim de um plano (não perfeito até) seguido por todos os que estiveram e estão envolvidos direta e indiretamente nele.
      O método aplicado demonstra antes de mais nada…… credibilidade, dedicação e disciplina…..para a sua execução. O resultado é consequência. Há uma expressão que ouço na fala do radialista Alagoano França Moura….que bem se aplica…”faça o certo que não dá o errado”.
      Finalizo por dizer…… chegar e/ou ficar no topo….é difícil quando não se sabe onde se quer chegar….. Mas quando se estabelece uma meta, um alvo a ser atingido…..aí a coisa fica fácil….muito fácil.

      • ivo

        Caro Luiz R S Filho, concordo com sua opinião quanto a tirar sarro com a torcida regatiana, é isso mesmo, a magia do futebol esta nessas brincadeiras saudáveis e salutar, tenho muitos amigos azulinos e ficamos curtindo esses momentos, sabendo que, nada é eterno. Tudo que se fala, como planejamento, dedicação e disciplina, fazem parte sim de grandes conquistas, mas cá pra nós, o momento do csa é extraordinário, tudo deu certo, e digo mais ainda, dificilmente esse feito será repetido, tudo passa, inclusive a euforia azulina, te digo mais, se não contratar bem, não atinge o público da serie B, na seria A,anote aí, você conhece futebol e sabe do que estou falando.

        • Luiz R S Filho

          Ivo….concordo com sua colocação na essência. Só que não acho que “tudo passará”… Tenho em mente que – ainda que mudem as pessoas (o que é natural ) mantendo-se a filosofia/metodologia adotada de 2015 até aqui em 2018, poderão e deverão ser alcançados outros e mais ousados objetivos. Das coisas que o CSA precisa avançar está a construção de um CT que esteja à atura de sua chegada a Série A. Quanto as contratações não tenho dúvidas que precisarão ser de nível mais alto que o atual. O que não pode estacionar é o que justamente ocorreu com o CRB – acomodação, ou seja, “ficar na janela vendo a banda passar”.

  • gilberto

    gilberto o csa está de parabéns seu presidente e sua diretoria transformou este club,que é o maior de alagoas,como que um time passa 20 anos em uma competição apenas lutando pra não cair,a elite do nosso futebol é a serie A o sonho de todo club,ai os rivais não enxergam isso e fica com dor de cotuvelooooo chora crb. DIRETORIA continue assim com os pezinhos no chão e vamos almejar primeiramente 45 pontos pra permanencia ok

  • Antônio R.

    Ou Zezinho interioano, tu é um rosinha disfarçado e querendo falar sobre o AZULÃO,sai dessa rosinha, vai curtir a tua alegria de ter escapado de cair prá série C, aqui só é alegria, vai cuidar das tuas galinhada em roteiro, tu se tirando, aí vêm com essa, esse teu negócio de querer enganar a torcida do AZULÃO, vai plantar cana, Zé Aruela, essas muganga é coisa de torcedor rosinha. Saudações Azulinas.

  • MAURICIO

    AGORA É SÓ PREPARAR O SACO E O PARA-QUEDAS, TAL QUAL FEZ O SANTINHA.

  • Cardoso

    Antônio R. você tem razão, esse chupa pedra é um rosinha disfarçado, pela conversa de nota logo e perceba quê na sua conversa ele apresenta desprezo pela conquista do CSA, ele diz que só subiu, porquê os times a e b, foram mal, ou seja é conversa de invejoso, vai te lascar prá rosinha, na certa esse otário apostou alguma coisa, ou melhor, aquilo que os rosinhas adoram apostar, sai daí urubu, vai descer em outro terreiro, lá pras bandas de dos canaviais de roteiro.

  • CSA Elite

    CR de bs………………………………………………………………….é a mundiça alagoana.

  • José Arcanjo Pereira

    O que aconteceu com o CSA, foi uma gestão com uma administração participativa e com metas definidas, onde todos os dirigentes, funcionários e torcedores jogaram juntos. Uma meta importante foi o planejamento.

  • karlos Ferreira

    Eu falei q era difícil não impossível. CSA vc e minha paixão 💓 a lutar foi grande mais o senhor todo poderoso criador do céu e da terra nos deu esse grande presente 🎁 de final de ano obrigado jesus cristo e valeu meu azulão por toda essa alegria … Eu te amo 💕 meu Deus e meu CSA

    • ivo

      Pastor Karlos, qdo é o culto?

      • Joao

        Será em roteiro, para ver se tire a ziguizera. Kkkk

  • Abrahão

    EU GOSTARIA QUE TODA ESSA PAIXÃO E EUFORIA DOS TORCEDORES POR UM CLUBE, FOSSE PARA JESUS DE NAZARÉ, NOSSO ÚNICO E SUFICIENTE SALVADOR E INTERCESSOR.

    • NUNES

      Abrahão, a paixão pelo futebol – mesmo num momento tão especial vivido pelo CSA – não exclui a paixão por JESUS DE NAZARÉ (sem ele, nem tente). Se você pensa diferente, não deveria estar aqui participando dos comentários sobre futebol, deveria estar rezando.

      Mas voltando aos comentários, deixo o seguinte lembrete: O cavalo paraguaio chegou e jumento capado empacou de novo.

  • Aurelio

    Daqui pra frente montar uma estrutura interna (CT) e externa (Equipe), saber lidar com os problemas e situações adversas (extra campo), consolidar-se na serie “A”, esquecer nosso adversário maior, conseguimos o que eles não conseguiram ao longo dos anos.
    Acredito muito no Azulão, podemos tomar como exemplo a estrutura do Atlético-PR , para seguirmos firme na série “A” do Brasileirão.
    Avante CSA o Maior de Alagoas !! Obrigado Azulão

  • sebastiao bastos

    Saudações a toda Nação Azulina e a todos desportistas de Alagoas. Realmente foi,um feito inquestionável a ascensão do CSA,agora com o acesso garantido é pensar no futuro e partir para novo planejamento…Dizer para alguns torcedores como o Sr.Mauricio, que estamos na série A com méritos,com planejamento e com muita dedicação da Diretoria,comissão técnica e jogadores…Não será necessário nem saco e nem paraquedas,porque temos os pés no chão,somos Centro Sportivo Alagoano e não Santa Cruz como o senhor insinuou…Viemos da série D para a série C e da serie B para a série A, um feito nunca alcançado antes por nenhum clube de futebol no Brasil…Paciência a todos que são contra o azulão…

  • Leao do Pici

    Parabéns azulinos!Caminhamos juntos até aqui.A jornada agora é pauleira.Vcs têm um grande dirigente e tenho certeza que próximo ano é só emoção!

  • Rafael

    queria fazer uma correção no artigo do Marlon , não foram 4 anos e sim 3 temporadas , 2016/D 2017/C e 2018 /B
    Qto a mim deixar ser instável emocionalmente, creio que não sofro de transtorno de comportamento, tbm gostaria de saber , quem disse
    Que não temos estruturas
    Não temos ambição
    Não temos planejamento, quanto ao envelhecido e enferrujado Raimundo Tavares , posso afirmar tratar-se de uma pessoa muitíssima atualizada e moderno
    em relação ao João feijo,todos os jogadores citados , alguns vieram da série D e os demais da série C , portando não houve nenhuma participação dele na formação desse grupo (somos gratos ao João feijo pela ajuda dada na formação de equipes anteriores a essa ) e pra finalizar no depto de futebol do CSA aplicamos gestão compartilhada .( razão do sucesso )
    Rafael Tenório
    Presidente executivo

    • Marlon Araújo

      Boa noite,
      Não é toda vez que um presidente de um clube interage comigo através do blog. Em respeito a importância do cargo de presidente do CSA, vou explicar alguns itens questionados pelo presidente Rafael Tenório.
      Agradeço a primeira observação. Realmente não são quatro anos e sim três. Quando cito ‘instável emocionalmente’ estou baseado nas suas ações como dirigente quando disse que estava decepcionado, tirou a camisa do CSA após o jogo contra o Campinense na Série D. As ameaças – muitas vezes internas – de largar o clube. E tudo isso ficou para trás. Hoje, o Sr. Tem um comportamento maduro, em alguns momentos muito centrado e respeitado nacionalmente pelos seus pares. As questões de ambição, estrutura, planejamento não foram ditas por ninguém do CSA. Elas são situações ditas por nós da imprensa em momentos de justificativa por insucessos do CRB em anos anteriores, mostrando que o CSA derrubou tudo isso.
      Em relação a João Feijó sei que ele pouco participou do elenco desta temporada, mas foi decisivo em todos os jogadores que citei e que estão até hoje no CSA. Para finalizar a gestão compartilhada é um mérito da sua forma de ver a administração do clube e tem sido um dos segredos do sucesso, mas mesmo com uma gestão deste tipo, personagens, incluindo o Sr. Sempre serão mais responsabilizados no sucesso ou no insucesso.
      Finalizo dizendo que o Sr. está de parabéns por uma sequência absolutamente impressionante de sucessos consecutivos do CSA.

      • Wagner Cavalcante

        Marlon, vc fez bem em esclarecer os pontos de vista apontados na sua resenha sobre o acesso. Por vzs a informação chega aos citados de forma distorcida ou nem sempre são totalmente compreendidas. Não é o momento para desgastes entre mídia e clube, coisa que nosso rival adorava fazer através dos “perus” que rondavam o Mutange. O Presidente Rafael Tenório e sua equipe aprenderam rapidamente a fazer antes de falar e tá aí o resultado. A gestão do CSA está hoje entre as melhores do Brasil e servirá como exemplo para muitos times, principalmente no Nordeste. É hora de festejar e depois investir em estrutura e se planejar para que 2019 seja ainda melhor pro CSA!!

  • AZULINO BEBEDOURO

    LEMBRAM DAQUELE TIME SEM CALENDÁRIO? LEMBRAM DAQUELE TIME DA BEIRA DA LAGOA QUE NÃO TINHA DIVISÃO? LEMBRAM DAQUELE TIME QUE ERA ADMINISTRADOS POR INCOMPETENTES? OS HUMILHADOS SERÃO EXALTADOS. Esse clube ressurgiu das cinzas. O GIGANTE ACORDOU! O presidente Rafael Tenório, juntamente com os demais integrantes da diretoria azulina estão de parabéns. Em três, anos o CSA mudou de patamar graças à uma gestão séria, honesta e competente. É bom que o CSA aproveite essa onda do mar azul, olhe para o passado não tão distante e faça os investimentos necessários em infraestrutura em todos os setores do clube, principalmente na PREPARAÇÃO FÍSICA, uma vez que o clube irá precisar na Séria A 2019. Sou azulino e agradeço à Deus, Jesus e a Nossa Senhora por estar vendo esse momento único e histórico do Azulão do Mutange. E SE FICAR PUTO É PIOR. CHORA NÃO COMÉDIAS. EU TORÇO PELO TIME DE SÉRIE AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. CSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  • Olympio

    O que mais chamou a atenção, é que vários torcedores do Galo de Roteiro, estavam mais preocupados com uma possível subida do CSA para série A, do quê com uma possível descida do CRB para série C. Essa foi demais…

  • Interiorano

    Seu Antonio R. fe seu Cardoso, aí é que vocês estão totalmente enganados e pelo tipo de comentário, supõe se o nível cultural de pessoa! Se vocês gostam de baixaria, problema de vocês! A educação vêm de berço! Realmente sou do Interior de Alagoas e não deixarei nunca de torcer a n´ível estadual pelo meu time, para torcer por CRB ou CSA! A´penas desejo que os dois representem bem o Estado de Alagoas! E volto a frisar : Não se enganem que tudo é passageiro! Amanhã, pode ser o inverso, ou seja : O CRB na Série A e o CSA na Série B! Ou então, os dois na Série A! Assim é o futebol!

  • Joao

    Que presente maravilhoso de NATAL e Ano novo do CSA. História eu tenho pra contar e vocês invejosos? Não tem né… Gol do Calmon, virado contra o Joinville, Rebaixei meu rival duas vez…. Ops, não rebaixou nada, só fazer a matemática daquele campeonato. A partir de 2019 não abro discussão com torcedores da Barbie, abro exceções para os alvinegros, tem história no futebol Alagoano, chegou a final da copa do nordeste, chegou em final de brasileiro… Que 2019 o ano do CSA seja ainda mais repleto de glórias e conquistas. EU SOU SERIE AAAAAA!!!!!

  • Azulino

    Sem palavras para agradecer a imensa alegria que o CSA me proporcionou naquele lindo dia de sábado (a conquista do acesso à Série A).
    No aeroporto, parecia ter um comportamento juvenil, de tão empolgado e feliz que estava (cantei, vibrei, pulei… chorei).
    E pensar que cheguei a desistir do acesso (os nossos jogos não estavam encaixando bem na reta final).
    Mas o acesso foi possível, apesar da aflição que senti no último jogo.
    Obrigado a nação fantástica azulina!!!
    Essa força é que nos sustenta a continuar acreditando.
    Obrigado, Rafael Tenório e Equipe.
    Ao Professor Marcelo Cabo por acreditar no projeto do azulão e de forma competente ajudar o nosso querido CSA.
    Obrigado aos goleiros Mota, Felipe Garcia e Lucas Frigeri que foram muito simpáticos e amáveis com o meu filho João Andrey Lucas em autografar a sua camisa oficial do CSA (o meu filho é goleiro).
    Que consigamos fazer um bom Campeonato Brasileiro da Série A em 2019.
    Eu já sou Sócio Torcedor e peço aos azulinos que ajudem o nosso azulão.
    SEJAM SÓCIO TORCEDOR DO CSA, também!!!
    Valeu!!!

  • Thiago

    Marlon, aprecio demais seu trabalho. Mas ficou dubio se vc se referiu à questão privada ou não do presidente Rafael Tenório. Se foi uma referência a uma questão pessoal dele, acho isso desnecessário. Devemos respeitar a vida privada de cada um. Se foi uma questão de administração mesmo (ex.: dirigente que se comporta emocionalmente como torcedor), ótimo. Melhor assim. Mas aí seria o caso de deixar isso mais claro.

    • Marlon Araújo

      Minhas colocações nunca, em momento nenhum, se referem a vida privada. Pauto meus questionamentos, elogios e críticas, sempre a figura da função exercida. Portanto ao me referir a ‘instabilidade emocional’, me referi a posições como dirigente. Obrigado por interagir e opinar aqui no blog.

  • Azulino da grota e da Serra

    Grande Marlon Araújo infelizmente vc se perdeu um pouco em suas colocações pois trouxe fatos de 2012 quando o RT ainda era presidente do conselho e o Jorge VI presidente executivo.
    Os RTs e sua gestão tem que ser analisados nesse contexto em estão a frente da executiva Maruja e não em períodos anteriores com política conturbada do Clube.
    Mas expresso aqui meu respeito por sua postura como cronista esportivo onde se posiciona com imparcialidade.
    E vc como apaixonado pelo futebol Alagoano deve está feliz com esse momento histórico do CSA a nível Nacional.

  • Marcilio Santos

    Gostaria de parabenizar o Marlon pelo texto , certeza o presidente não entendeu bem … você ao seu estilo elogiou e mostrou onde se evoluiu os responsáveis , na certeza que algum PERU levou para o presidente de forma negativa. Continue com sua independência é ela que te faz diferente.

  • Josen

    Perfeito.
    É só não esquecermos daquele áudio direcionado aos conselheiros antes da chegada do Cabo.
    Falou tudo com uma propriedade ímpar.
    Parabéns