CSA vive excelente momento e chama atenção no Brasil inteiro – Blog do Marlon
As voltas que o mundo dá
Derrota quando o CRB foi mais consistente que na vitória contra o Leão

É um momento mágico para o CSA. Isto não resta dúvida. O time somou 40 pontos, restam seis para definir sua permanência atingindo assim, sua primeira meta.

Campanha irretocável, vitória convincente contra o Criciúma e com isso, o time azulino desperta a atenção, o interesse de grande parte da mídia nacional.

O jornalista Regis Rösing, repórter da Rede Globo, esteve na última semana, visitando o CSA, conhecendo situações, buscando explicações sobre o momento do CSA. Outro jornalista de porte nacional, Paulo Vinicius Coelho, o PVC, do Canal Fox Sport, também já buscou informações mais detalhadas sobre o clube azulino. Situações de outros comentaristas e jornalistas também buscam explicar o que o clube está fazendo.

As explicações para isso podem ser encontradas como a trajetória de ascensão azulina da Série D – como vice-campeão- para Série C – como campeão – e em seguida para Série B. Isso puxou nomes e personagens históricos do CSA, como Marta, a melhor jogadora do mundo em cinco oportunidades e torcedora doente pelo clube e Jacozinho, personagem folclórico que ganhou projeção nacional, além da força e da paixão do seu torcedor e de encaixar jogadores desconhecidos no mercado da Série B, com jogadores de projeção nacional.

Faltou um pouco mais de valorização do trabalho do técnico Marcelo Cabo, um dos principais responsáveis. Ele montou este time e deu repertório variado ao time azulino.

A equipe segue em alta e com uma regularidade impressionante. Mesmo de forma surpreendente continua na parte de cima. Se observamos a classificação da Série B entre os dez primeiros, a novidade segue sendo o time do CSA.

  • sebastiao bastos

    Boa tarde a toda Nação Azulina.Está comprovado que com planejamento,humildade e acima de tudo com muita força de vontade o fruto do trabalho sempre dá certo.O Azulão está no caminho certo,e cada partida daqui para frente será sempre uma decisão e temos que ter muito cuidado com o fator extra campo, onde vemos arbitragens horríveis e os clubes com maior poder de investimento se reforçando.Simbora azulão…primeiro os 46 pontos…Depois…

  • Maior Campeão de Alagoas

    Rafael Tenório profetizou e tenho certeza que se realizará, o CSA vai ser uma referência no cenário nacional, times como Flamengo e Palmeiras tem orçamento astronômico de times europeus e não tem conseguido ganhar nada, CSA com o pouco que tem, está prestes a conseguir o 4º acesso consecutivo (estava sem série, conseguiu acesso a série D, a série C, a série B e a série A), feito tão difícil que nenhum clube nunca conseguiu, todos querem saber com o CSA tem feito mais com menos. CSA era um gigante adormecido, o papão voltou!!

  • Luiz Correia de Melo

    Como leitor colaborativo, favor retificar o nome do repórter da rede globo: de Régis Resing para Régis Rösing.

  • Glorioso

    Gostaria de ver o meu glorioso CSA na série A, mas não esta sendo fácil. Dos males o menor, pelo menos eu tenho a certeza que continuará na série B.

  • Luiz R S Filho

    De fato é um momento surpreendente do CSA. Nem o mais azulino dos azulinos poderia prever o que está acontecendo em 2018.
    Evidente que são os frutos da colheita iniciada em julho de 2015, com o inicio do resgate do Clube. Essa – podemos dizer – revolução ocorre em todos os sentidos/aspectos num Clube de Futebol. Costumo pronunciar que o CSA de hoje recupera-se em paralelo nos três pilares que são….. o Institucional (credibilidade) o Patrimônio (estrutura física e profissional) o Esportivo (conquistas dentro das 4 linhas). o Presidente Rafael Tenório que empunhou essa bandeira (bancando e chamando essa responsabilidade) e junto com Raimundo Tavares e Outros Conselheiros abnegados e dispostos, são responsáveis diretos pelo resultado positivo auferido até aqui e – não tenho dúvida – para o futuro. O que completará esse ciclo do resgate do retorno e da permanência do CSA na Elite do Futebol Brasileiro, é de inteira responsabilidade da Torcida AZULINA, ingressando nas fileiras do Sócio Torcedor e comparecendo maciçamente aos Jogos no Trapichão.

  • adeildo santos

    ola, marlon, sou torcedor do csa mais sinceramente nao quero o csa na primeira divisao pra nao fazer igual ao ceara, pra nao ser motivo de chacota do time do roteiro

    • Luiz R S Filho

      Adeildo, antes pensava desse mesmo jeito…..mas mudei meu pensamento e acredito que o momento é muito propício para o acesso. Ser motivo de chacota é estar mais de 20 anos numa Série B e não conseguir chegar na A, na Elite e ainda lutar pra não cair pra Série C.
      Mais vamos seguindo o curso normal…..primeiro garantir a permanência e depois sim partir com tudo para o acesso.

    • Maior Campeão de Alagoas

      Esse pensamento pequeno não combina com a grandeza do CSA, Chapecoense também chegou desacreditado e tá lá até hoje, pra regatiano pensar em tirar chacota da gente tem que pelo menos chegar a 1 final internacioal, ganhar 8 estaduais, 1 nacional, fazer melhor campanha na Série B, ter média de público de 8mil, ter pelo menos 4mil sócios, voltar pra capital e parar de ser bancado por verba da assembleia. Se o CSA já tá sendo exemplo na Série B imagina o que não pode fazer com o recurso da série A. Simbora azulão, se tornar o primeiro clube a ter 4 acessos seguidos em menos de 3 anos.

  • José A de Oliveira

    Bom dia, tarde e noite Marlon e torcedores, na verdade CSA através da sua diretoria dar uma aula de competência não só ao CRB mais todo Nordeste especialmente ao futebol Pernambucano que permanece com duas grandes equipes na série C por falta de planejamento inteligente, quando o planejamento se faz com competência as vezes é necessário intervenção pontuais da diretoria. Tenho quase certeza que tem momentos que a diretoria do CSA possívelmente intervenha em situações e a impressa e a mídia não fica sabendo, exemplo chamar atenção de jogador para seu desempenho, isso não é intervenção e se for problema de quem pensa, dinheiro não se acha em árvore para querer ganhar sem esforços, quando se trabalha com objetivos não se mostrar o trabalho mais que não haja problema e o trabalho apareça com resultados positivos. CRB com presidente Marcos Barbosa melhorou muito em comparação do que era antes, mais não tem auxiliares competentes está longe do CSA atualmente, ex. CSA não tem somente uma pessoa que faz contratação tem uma equipe de funcionários que trabalha no sigilo só divulga depois da contratação certa e assinada, CRB só basta pensar toda impresa e mídia fica sabendo o que dificulta qualquer contratação mesmo porque os adversários também pode entrar em contato e colocar dificuldades. As equipes são retratos daqueles que a formam . Só nos resta ficar torcendo por jogadores que as vezes não tão nem aí. Se CRB subir, permanecer ou cair, nós estaremos com ele onde ele estiver, esses jogadores deverão está em outras equipes da série B ou outras divisão. Por isso as cobranças de raça muita raça jogadores do CSA é o maior exemplo.