O desespero do torcedor e uma invenção perigosa – Blog do Marlon
Um grande negócio começando
A tristeza de ver a derrota de um vencedor

Um grupo de torcedores do CRB criou algo inusitado para diminuir as dificuldades que o time tem sofrido ao longo da Série B. Um serviço de ‘Disque Barqueiro’.

Alguns torcedores relacionam o momento instável na Série B com uma falta de comprometimento dos jogadores que poderiam estar envolvidos na noite, bebendo uma cerveja, mesmo que em momentos de folga.

A repercussão foi péssima junto a torcida do CRB e de gozação junto ao torcedor rival, os torcedores do CSA.

A intenção mostra uma tentativa de torcedores ‘ajudar’ o clube, mas na prática, a ideia traz um grande perigo: a intolerância, podendo se transformar em violência.

A torcida tem marcações com vários jogadores e em alguns momentos, a diretoria do CRB chegou a abraçar a ideia. O zagueiro Flávio Boaventura era um jogador marcado pelo torcedor. Em uma noite de folga, Flávio Boaventura foi a um restaurante e foi flagrado tomando um copo de Chopp. A foto amplamente divulgada nas redes sociais não mostrou, mas Boaventura estava com sua esposa, comemorando a data de aniversário de casamento e repito, em um momento de folga.

A diretoria do CRB acatou a pressão da torcida e anunciou uma punição no salário do jogador e até mesmo uma ameaça que havia do jogador não repetir este procedimento. Não digo que o jogador terá este comportamento, mas a situação seria um prato cheio para um processo contra o clube. Não existe base jurídica para uma punição e qualquer advogado em início da carreira tem um ótimo mote para acionar a justiça e cobrar até mesmo danos morais e a imagem do atleta nestas circunstâncias.

Ainda há tempo de retroceder e retirar esta ideia que poderá trazer situações constrangedoras para o clube e até para os jogadores. O ‘Disk Barqueiro’ precisa ser retirado, pois nem o momento justifica uma perseguição aos clubes.

  • Silvio César

    Deixa pegar fogo no Roteiro! E se ficar puto é pior!

  • regatas

    Péssima administração com péssimas campanhas em campeonatos fora de Alagoas, levam o torcedor a esse desespero. Pra mim não vejo como algo certo, sendo que as pessoas que deveriam ser realmente cobradas estão sendo isentas por parte dos torcedores. A cobrança tem que ser na parte de cima e não somente na parte de baixo.

  • Marcos Pereira

    Pega fogo cabaré. kkkkk

  • Jaelson da Silva Santos

    A Direção do CRB está usando a torcida para si resguardar das responsabilidades pela falta de comando junto a equipe. Si o jogador não haje de forma profissional que seja resolvido o problema de forma profissional e não de forma amadora como esta sendo feito o ano todo, estão jogando pra torcida.
    Lembro que no meu CSA ano passado tinha um jogador que passava da conta o Thiago Potigua, e rapidamente foi resolvido.
    Agir de forma amadora apoiando oque torcedores fazem por amor só piora para o CRB, torcedor fala com o coração, a direção tem que agir com a razão.
    Como bem disse Marlon, existem argumentos fortes para que o jogador acione o CRB na justiça, repito. Torcedor age com o coração, mais a direção do CRB tem que agir com a razão e nao piorar a situação do time.
    Essa é a hora da torcida do CRB abraçar o time, pressão só irá piorar tudo, nunca vi ninguem render em seu trabalho quando é pressionado, imagina entao já ter o adversário contra e sua propria torcida contra tambem.
    Ajudem ao time de vcs, lembrem que faltam 19 jogos, caso vcs nao si unam contra o rebaixamento a culpa nao será só deles não, será tambem de vcs que ao inves de ajudar atrapalharam.
    Mudem o ambiente que hoje existe, sejam inteligentes, façam os jogadores entenderem o amor que vcs tem pelo time, usem a psicologia reversa, apoiem os jogadores nos piores momentos que eles iram lutar por vcs.
    Meu CSA levou 4 x1 do Figueirense em casa, nenhum torcedor gostou desse resultado não, mais aplaudimos e apoiamos e os jogadores entenderam o amor que temos por nosso time, sejam inteligentes, mudem o ambiente que eles vivem hoje, a pressão só irá piorar, mostrem que estão juntos e parem de achar que o time perde pq o jogador ta bebendo pq quando ta ganhando eles bebem do mesmo jeito e vcs nao falam nada e quando perde e que vcs descobrem que eles bebem. Hora eles bebem sempre, parem de ser bobos e ajudem de forma positiva e nao negativa como estão fazendo.

  • ivo

    Inédita a atitude da torcida do CRB, e muito mesquinha ao mesmo tempo. Diziam os boleiros de antigamente, “se concentração ganhasse jogo, o time da penitenciária não perdia nunca.Ora, ficar vigiando um profissional nas suas particularidade, no minimo é ridículo. Ele que cuide da sua integridade profissional, contrataram mal, compraram gato por lebre e agora vamos vigiar pra o cara jogar, toma juízo galera regatiana, quem contratou essas bombas que resolvam, só um detalhe, se for dispensar quem não esta jogando, só deve ficar uns quatro ou cinco, e agora, os outro estão na farra? Não acredito, é pouca bola mesmo que estão jogando, vamos tirar o Alarcon do seu conforto, e exigir contratações que honrem a camisa do galo. Conheci muitos jogadores que gostavam de uma farra, mais em campo só faltava fazer chover, no ce-si-ah, tem um que era assim, corria e driblava muito mais que o foguetinho do Tite.

  • Everton

    Então Marlon, na sua opinião atletlas profissionais que dependem do físico para desenpenhar um bom rendimento em campo, não tera sua performace reduzida, por más é claro que estejam em folga não deve cuidar de sua saúde, e isso? Não sei de onde você tirou que ideia que a nação regatiana desaprovou essa campanha, talvés do seu circulo de amizade de torcedores do rival, pois todos grupos que participo de torcedores do Galo a grande maioria aprovou!! Mas já que não concorda, então na sua opinião, oque poderia ser feito para mudar essa atual situação do clube?

    Jogadores e dirigentes passam, quem perde com descompromisso de quem estar no clube e só o CRB e nossa torcida, eu apoio essa ideia já que MB não faz nada.

  • sebastiao bastos

    Acho uma temeridade uma atitude dessas…E a privacidade do cidadão,onde fica? É certo que o momento que passa o CRB não condiz com farras e comemorações de seus jogadores,no entanto na sua folga cada um é responsável por seus atos…Se essa moda pega vai dá muito o que falar.

  • Waldson Santos

    Torcedor de verdade, cobra dentro do estádio. Fora isso, o que vejo são um bando de ociosos e quadrilheiros que com egos feridos ficam a conspirar contra profissionais e pais de família como qualquer outro. Ameaças e chantagens não são iniciativas de torcedores cidadãos.

  • Priscila Marinho Silva Marinho

    Caro Marlon ,como sempre fazendo importantes comentários ,sempre preocupado em informar ,orientando de maneira muito respeitosa seus leitores.

  • Olympio

    Marlon, esse novo modelo aqui no site, pra gente conseguir ler os comentários é preciso uma lupa. Não tem como melhorar o sistema? Rapaz… rsrsrs…

  • Julio Borges

    Assino embaixo, Marlon.

  • Rodrigo

    Marcos Barbosa, se ficar puto é pior!

  • José A de Oliveira

    Marlon e torcedores, isso mostra o desespero da torcida, mais ficar fiscalizando jogador na sua folga está errado o momento de folga é livre para todo ser humano. Agora por outro lado a torcida não aguentam mais a falta de comprometimento desses jogadores, agente ver os jogadores do CSA ganharem jogos na raça nunca, eles tem a vantagem de terem um técnico inteligente, um esquema tático definido para jogos em casa e fora de casa, a raça deles é o complemento. No CRB não tem nada disso nao tem esquema tático para jogos em casa muito menos para fora de casa, para piorar os jogadores em muito jogos praticamente param em campo, deixaram de vencer jogos praticamente ganhos, exemplo, Paysandu ficaram olhando o cruzamento e o gol do time Paraense, Guarani e muitos outros.
    Nas poucas vezes que jogaram com raça venceram, Atletico-Go e Sampaio Correa. Nessa segunda fase esperamos que tenham um esquema tático definido com variações em casa e fora, e raça como complemento.