Marcelo Cabo pode cravar o nome na história do clube e ser promovido a ‘Coronel” – Blog do Marlon
Ponto importante e equilíbrio entre opostos
Um segue consistente, outro continua irregular

Marcelo Cabo vai criando uma trajetória vitoriosa no CSA – Foto: Pei Fon – TNH1

 

Marcelo Cabo faz uma trajetória que poderá marcar o seu nome entre os mais importantes técnicos que comandaram o CSA.

O treinador azulino não tem uma temporada completa pelo clube, mas apresenta um desempenho, um aproveitamento, resultados extremamente significativos.

Não é exagero avaliar que mesmo com os jogadores mostrando uma consistência em diversos cenários diferentes experimentados na Série B, o técnico Marcelo Cabo seria o mais importante personagem na campanha do CSA que assombra – e, é elogiada – no Brasil na sua primeira temporada na Segundona.

Cabo chegou a um ponto alto na sua carreira em 2016 com o título brasileiro da Série B e o acesso a Série A com um time pouco cotado, com baixa folha para a competição e jogadores sem projeção nacional.

Na sequência, um problema pessoal e o fraco rendimento na Série A por parte do Atlético-GO trouxeram dúvidas na carreira do treinador . Isto foi reforçado pelo fraco desempenho nos trabalhos realizados no Guarani e no Figueirense.

Para quem não lembra, Cabo chegou a encaminhar um acordo com o CRB no ano passado, mas acabou indo para o Figueirense. Em baixa, Marcelo foi parar no modesto Resende, no Rio de Janeiro.

Foi ai que surgiu a possibilidade de vir para o CSA. No entanto, em meio a isto, dentro da sua carreira Cabo ainda anexa – somente – duas participações em Copa do Mundo: uma como assistente técnico da Arábia Saudita e outra como observador técnico da Seleção Brasileira na Copa disputada no Brasil.

Recentemente completou cinco meses no comando do CSA. E neste curto período já acrescentou muito. Primeiro foi decisivo na conquista do título alagoano desta temporada, título este, que o time azulino não conquistava a nove anos.

Depois iniciou a Série B e praticamente desde o início da competição, segue entre os melhores da Série B. Nestas 18 rodadas disputadas, Marcelo Cabo manteve o CSA na zona de acesso para a Série A  em 15 rodadas. Recuperou jogadores que frequentavam ‘listas de dispensas’ dos torcedores, entre eles, Celsinho, Leandro Souza e Xandão, hoje titulares em uma das melhores defesas da Série B. Já negocia a renovação do seu contrato e ampliando seu vínculo até o final de 2019.

Além disto com personalidade, afirmou a qualidade dos zagueiros que tinha e mesmo de forma indireta, disse não ao zagueiro Jorge Fellipe. Hoje o torcedor sequer fala no nome do jogador.

Cabo também fez Daniel Costa  adquirir um posicionamento diferente e que está conseguindo transformar o jogador em um peça diferente, até mesmo no futebol brasileiro. Um meia que tem qualidade, tem conseguido dinâmica – muitas vezes com apenas um toque na bola, pisa na área, faz gols e ainda mostra recomposição defensiva e ofensiva. O jogo feito por Daniel Costa contra o Avaí foi uma prova disto.

Claro que o objetivo traçado pelo CSA ainda não foi atingido, mas mantiver a regularidade e conseguir um acesso para o Azulão, Cabo será promovido a Coronel.

 

  • EU10 CORDEIRO

    Sem dúvidas é o maior responsável por essa crescent do AZULÃO. Hj temos comando dentro e fora de campo com a gestão dos RTs.

  • José A de Oliveira

    Marlon, enquanto isso o burro do CRB pede contratações, meu amigo, sem esquema tático de jogo definido nenhuma contratação irá encaixar. No CSA só está dando certo por enquanto, porque tem um esquema de jogo bem definido tudo bem pensado antes, no CSA quando vão ao ataque vão em bloco as outras linhas acompanham para não formar vácuo sempre ficando um na sobra, batem na bola com consciência não ficam nervosos na dificuldades, a defesa não perdem um cruzamento difícil de ver isso no CRB, os cruzamentos do ataque do CSA a maioria são rasteiros no ponto futuro para facilitar a conclusão, chegou ao ponto dos técnicos adversários não fazer a tradicional mudança tirar um zagueiro colocar um atacante, estavam fazendo isso em vez de fazer gol estavam levando na própria casa. Aí o treinador do CRB que deixa Leilson de fora mesmo sem esquema em jogada individual tirou o CRB do sufoco contra São Bento treinador coloca Mazola e Bruno Paulo ainda diz que esperava que eles fizessem gols, quantos gols Mazola fez até agora? Nenhum, jogador que só sabe siscar, brincadeira desse treinador, quanta burrice.

    • José A de Oliveira

      Agora estou vendo, Doriva foi campeão Paulista em 2014 na pura sorte e na motivação, eu estava em São Paulo fui alguns jogos e a crónica Paulista dizia, “esse time do Ituano não tem destaque individual mais deu liga”, mais pelo que estou vendo, Doriva é apenas um motivador, parece não conhecer a série B e não tem plano tático para a equipe. Chegou a metade da competição o time com ele continua o mesmo e alguns jogadores que ele também insiste não vingou e nem vão vingar, isso é fato, mais contratações por si só não resolverá, primeiro ninguém resolve sozinho, segundo, o problema não é só individual é principalmente coletivo. No coletivo o treinador é que tem que resolver, senão, não precisaria treinador, qualquer pessoa poderia entregar as camisas dizer algumas palavras motivadoras, pronto resolveria, mais não é assim. Precisa ter um bom plano tático, correção de erros e a individualidade ajudar.

      • Thiago

        Você também estava no Rio em 2015 quando ele foi campeao pelo Vasco?? 🤔🤔

        • José A de Oliveira

          Thiago, em 2015 eu não estava no Rio, porém não queremos que o Doriva fique vivendo do passado, ele está na serie B nessa série quem usa um pouco mais a inteligência fica na frente. Além de dar uma cara tática recupere jogadores como Alípio, esse jogador pode está com algum problema pessoal ano passado ele jogava demais, já deu muito trabalho e fez muita raiva a nós torcedores, agora é a vez de dar alegrias Rafael Costa e Felipe Menezes, idem. Lembrando, estamos apenas três jogos de zona de classificação. Vamos diminuir para dois depois do jogo contra o Figueirense. Vamos vencer. Certeza.

  • Gerônimo

    Muito bom post ! Estilo sites nacionais , CSA acertou na mosca 🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️

  • Luiz R S Filho

    Vejo isto da seguinte forma: O Marcelo Cabo é o melhor Treinador da Série B. Conhece muito a competição e é um estrategista. Seu trabalho surte o efeito muito positivo quando treina um elenco de jogadores que conhece e com os demais – que juntos se encaixem no seu plano. Flutua dentro de campo e fora também quando tem a credibilidade com a Direção e principalmente com a Torcida. Não ocorrendo nenhum fato contrário terá o CSA confirmada sua presença na Série B de 2019 e ainda podendo beliscar um acesso à Elite. Na minha ótica isso é o que está acontecendo no CSA este ano.

  • Marcos Pereira

    O CSA é o único clube que faz história no futebol alagoano, pois, o resto é café com leite. kkkkk
    Voa alto meu Azulão!

  • salatiel de souza

    Marcelo Cabo, merece aplausos de toda nação azulina.

  • Raphael

    CSA já subiu, isso é fato notório. Por isso já renovaram com o técnico por mais um ano, já pensando na série A 2019, pois nem Deus tira esse acesso. Parabéns pelo título e pelo acesso ao nosso Coronel/Técnico Marcelo.

    • De Lima

      Eita torcedorzinho mazela esse Raphael. Comenta sobre o teu time de roteiro, sem futuro, que não consegue sair da zona de rebaixamento.

    • Adelmo

      Vc so pode ser regatiano pra blasfemar desse jeito.
      Deus conhece o coração do verdadeiro torcedor Azulino que sabe que sem Ele não conseguiremos nada.

    • Luciano

      Galinhada tá desesperada kkkkk

  • MARCELO

    “Raphael no 29 de julho de 2018 a partir do 23:12
    CSA já subiu, isso é fato notório. Por isso já renovaram com o técnico por mais um ano, já pensando na série A 2019, “pois nem Deus tira esse acesso”. Parabéns pelo título e pelo acesso ao nosso Coronel/Técnico Marcelo. VOCE FOI MUITO INFELIZ EM DIZER “NEM DEUS TIRA ESSE ACESSO”. ELE PODE TUDO. CONSERTE ESSE COMENTÁRIO COMPANHEIRO.

    • Jadson

      Esse comentário é de um regatiano.

  • Getulio

    Muito bom o escrito por vc Marlon . Tenho dito sempre que vc fugiu do tradicional nas análises e hoje já acostumei a falar linha 4 , corredores , transições e o melhor o significado da palavra Prenuncia kkkkkk

  • Guedes

    Marcelo Cabo realmente merece todos esses elogios porque tá conseguindo tirar leite de pedra.porque todos nos sabemos que no comparativo de elenco o do CRB é muito melhor.Só não tá tendo a sorte que o CSA tá, não sei até quando.

    • CapaCidAde

      a sorte corresponde a 1% o resto é trabalho… então deixa o crb com sorte

    • De Lima

      Guedes, o elenco do cêrrêbê é melhor do que o do CSA em que? 3 jogadores do CSA já sairam: dois para o exterior. Permanecer 15 rodadas no G4 é sorte? Você está na contramão do entendimento de todos. Só você está certo. Isso é conformismo de sua parte. O CSA está a 100km por hora, o teu timinho ainda não saiu do lugar. Grande abraço.

  • Silvio César

    Essa campanha do maior campeão de Alagoas se deve muito ao Marcelo Cabo. A maioria dos jogadores por ele indicado jogaram bem, além de ter dado um padrão de jogo bem definido dentro é fora de Alagoas.

  • Abrahão

    Luiz R S Filho, concordo com você, e parabenizo o técnico Marcelo Cabo pelo excelente trabalho. Comentários sem querer humilhar ninguém, fica melhor, pois, quem humilha, um dia será humilhado. Sou torcedor do MAIOR DE ALAGOAS – CRB, haja o que houver.
    GALO EU TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.

    • Luiz R S Filho

      Caro Abrahão, em determinados momentos aqui neste blog, respondo à ironias de determinados torcedores regateamos com também ironias, mas longe de ofender à quem quer que seja. Cada um defende seu Clube é normal. Vejo o CRB como MAIOR que o AZULÃO DO MUTANGE em número de participações na 2a divisão do Campeonato Brasileiro, sómente. Em número de Títulos Alagoanos e Brasileiro (que é umzinho mesmo e de Série C que a maioria dos regateanos desdenha) não somos superados. Saudações AZULINAS

  • thiago

    Marlon, a contabilizar desde a boa fase da série C, CSA já perdeu Marco Antônio, Jorge Felipe, Michel Douglas, Edinho e, talvez, Ferrugem.

    Se você achar conveniente, talvez seja interessante um comentário em torno desse tipo de acontecimento. Não falo somente do CSA, mas do que ocorre com todo time de menor orçamento quando faz algum sucesso (falei do CSA porque é “a bola da vez”).

    O que acho que seria interessante é fazer nós torcedores saberem como procedem os clubes em situações como essa. O que é necessário ter ou fazer? Quem corre atrás de reforços? É o departamento de futebol do clube? se sim, que tipo de qualidade e competência devem ter ter os profissionais envolvidos? Devem ter um conhecimento “do mercado”? O CSA ou CRB têm pessoas qualificadas nesse sentido? E o papel do técnico nesse assunto? É necessário ter um técnico com bom relacionamento nesse mercado (Marcelo Cabo parece que tem)? É extremamente necessário ter um setor de análise de desempenho, para servir de referência antes das contratações? E, em relação a essa ameaça constante de “desmanche”, como se comportaram os casos de sucesso que não tinham expressão no cenário nacional e que passaram a ter (penso aqui no exemplo da Chapecoense)?

    …muitas questões ….rs… se puderes dar um pitaco nisso aí, ficaríamos agradecidos! Acho que isso contribuiria para uma formação mais abrangente e sólida do próprio torcedor…Abraço!

  • amorim

    Porque não dizer: promovido de cabo pra cima, já que não pode pular patente, penso eu que é assim. De cabo pra cima tá bom Cap. Marlon.

  • José A de Oliveira

    É bom lembrar aos jogadores do CRB, o ataque do Figueirense é forte faz muitos gols, todo cuidado é pouco o tempo inteiro, porém a zaga é fraca muito vazada se nossos jogadores tiverem tranquilidade dar para fazer gols tranquilamente. Estou confiante que os mulekes do Doriva vão fazer bonito hoje.

  • Leandro

    Tem gente aqui q só fala besteira, o DORIVA, é um excelente treinador, o problema do CRB é uma diretoria omissa, sem comando, contratações erradas de jogadores velhos e sem motivação nenhuma, porque eles jogadores com mais de 29 anos não tem mais futuro para jogar em um time melhor, qual a motivação tem um jogador desse? Eu até acho que o CRB não cai, mais precisa contratar jogadores chovem e não anciã em fim de carreia.

  • Azulino

    Raimundo Tavares o Fortaleza tem um jogador que saiu das categorias de base do clube, de nome GABRIEL PEREIRA,não vem sendo aproveitado ainda pelo Rogério cEni, o cara é atacante joga pelas beiradas,driblador, inteligente e veloz e faz gol, tenta trazer esse jogador pro CSA com certeza seria uma grande atacante , melhor que edinho.