Tranquilo, CSA venceu Londrina como se estivesse no Rei Pelé
O modelo e a eficiência atropelaram o CRB

As transcrições e o áudio que o blog teve acesso,ainda em relação a tentativa de suborno para o árbitro alagoano Francisco Carlos do Nascimento envolvia mais um alagoano.

O nome que inicialmente aparece apenas como ALEX, é na verdade o empresário Alex Fabiano. A confirmação foi feita após termos tido acesso ao trecho de uma conversa telefônica interceptada pela Justiça , onde ouvimos e identificamos a voz de Alex Fabiano e a transcrição de parte do processo, onde aparece o número do terminal (telefone celular) utilizado na conversa. Por motivos óbvios, a imagem da transcrição cobre o número do telefone.

Breno, vice-presidente do Botafogo buscou Alex Fabiano para tentar chegar em Francisco Carlos do Nascimento.

O empresário tem relação com o time paraibano. Alguns jogadores e até técnicos foram colocados no Belo graças a relação estreita entre o clube e o empresário.

Transcrição da conversa entre Breno Morais, vice-presidente do Botafogo e o empresário Alex Fabiano

 

Breno: O juiz de quinta-feira em Campina Grande é Chicão.
Alex: Quinta…
Breno: É. Quinta-feira.
Alex: Tá. Então é o seguinte. Já já eu vou atrás, beleza?
Breno: Tá.

[…]

Breno: Certo? Agora tem que trabalhar ele (Chicão) para a gente ganhar lá, né?
Alex: Tá. Pode ficar tranquilo! Pode ficar tranquilo, entendeu?
Breno: Relembra ele do amigo, né? Do amigo aqui…

[…]

Breno: E outra coisa. Lembre daquela vez de Natal que ele não ajudou, né?
Alex: Não. Eu vou falar com ele.

 

Ouça o áudio desta conversa entre os dois

 

Ainda segundo a investigação, a ‘negociação’ com Chicão por parte do Botafogo foi feita diretamente por Alex Fabiano com o próprio árbitro, conforme trecho extraído do relatório da Polícia Civil.