O carimbo do modelo de jogo, da confiança e da evolução – Blog do Marlon
Quando a fase é boa se ganha de ‘todo jeito’
Segunda vitória aumenta confiança mas ainda é preciso encontrar o equilíbrio

Neto foi o dono da partida: três gols em um time de Série A – Foto: Pei Fon – TNH1

 

O empate entre CRB e Ceará em 3 a 3 no primeiro jogo das quartas-de-final da Copa do Nordeste  serviu para carimbar o modelo de jogo implementado por Jr Rocha. Também serviu para que o grupo possa readquirir a confiança e finalmente carimba a evolução que o Galo tem mostrado nos últimos jogos.

Não é e ainda levará mais um tempo para ser o time que o treinador deseja, mas o CRB optou por ser um time com qualidades que estão latentes aos olhos de todos. Ainda há algo que preocupa: os momentos de desconcentração. O CRB tem tomado muitos gols nos instantes/minutos finais do jogo.

A disputa pela vaga ainda está em aberto. Mesmo se considerarmos a desvantagem do Galo por ter tomado três gols em casa. Neste cenário, por exemplo, o CRB só se classifica com empate se o resultado for por quatro gols ou acima disto. Qualquer vitória põe o CRB na semifinal. O sonho ainda é possível e como mesmo dizem: ’sonhar não custa nada’

O jogo tático

Logo ao divulgar a escalação, Jr Rocha sinalizava que não iria respeitar excessivamente o Ceará. O time tinha o mesmo modelo que atropelou o Atlético-GO no primeiro tempo. E o CRB quase repete a dose. Até 45 minutos, o Galo vencia por 2 a 0. Tomou o empate nos dois minutos seguintes, aos 46 e aos 47.

O Ceará voltou melhor, mas adaptado no começo do tempo final. Para ampliar o momento de superioridade, o time regatiano teve Diego expulso de campo. O primeiro cartão foi bobo, por uma discussão se a falta era mais para frente ou para trás. Mesmo com um a menos, o CRB voltou a ficar a frente do marcador, com o inspiradíssimo Neto Baiano, que aliás marcou três belos gols.

Para chegar ao gol da nova vantagem, o CRB foi coeso, demonstrou determinação e muita garra. Depois disto foi um bombardeio só. Era natural que o Ceará chegasse ao gol de empate. Sem Neto, que já havia sido substituído, o Galo perdeu o ‘homem referência’ que prendia os zagueiros. Juninho Potiguar não acompanhava Pio e em um destes lances, o time chegou ao empate. Pressionou, empurrou o CRB para trás, teve bola na trave e acabou com Arthur Cabral  deixando tudo igual após assistência de Pio.

Neto Baiano foi o dono do jogo. Pio o garçom. Jr Rocha fez um trabalho superior e o árbitro piauiense, Antonio Dib não fez uma boa arbitragem. Mesmo tendo anulado um gol legal do Ceará, a arbitragem mostrou instabilidade.

  • José A de Oliveira

    Marlon concordo com sua análise, mais tem se repetido o que eu mais temia, quando o CRB consegue uma vantagem sempre há o relaxamento da equipe, CRB ainda está com esse vício querem descansar antes de terminar o tempo, não combatem, não marcam e deixam espaço justamente quando o adversário aumenta a intensidade para diminuir ou tirar desvantagem, o goleiro também tem falhado muito, tenho batido na mesma tecla esse goleiro faz boas defesas mais tem falhado demais em seguida descompensa o que fez, precisa ser substituído até mesmo para descansar, das três substituições uma por necessidade o feijão mais que não ajudou em nada esse jogador é lento demais, não tem ideia dos espaços a sua volta e lento nas arranacadas tenta acompanhar fazendo faltas, Juninho Potiguar é outro um jogador de série C em vez deste porque não o Rafael Costa, um jogador de qualidade que segura os zagueiros e nesse jogo defesa do Ceará já conhecia suas qualidades não iria sair para o jogo ele precisa jogar. CRB tem elenco não sei se tem treinador com qualidade para fazer a equipe subir de série e ser campeão de alguma coisa.

    • um ALAGOANO

      Oliveira me desculpe mas agora sim temos um técnico capaz e que faz o time jogar, a capacidade tática desse rapaz é impressionante, o Neto agora consegue jogar por conta da aproximação dos meias, veja quanto tempo ficamos vendo aquele joguinho viciado do mazola com uma bola só pra saída de jogo do time, o balão da defesa pro ataque,e o próprio mazola disse que futebol era assim mesmo, se defender e chutões pra frente, não é isso que vemos hoje é com o mesmo plantel então temos um técnico sim.

      • José A de Oliveira

        um Alagoano, sem dúvida que a equipe melhorou, principalmente meio de campo e ataque, técnico anterior não tinha jogadas pelo meio, ligação era direta ataque ficava sempre isolado e inoperante, melhorou muito problema é a qualidade do sistema defensivo, goleiro, relaxamento de equipe antes de terminar o tempo, basta ver quando o CRB toma gol primeiro a dificuldade é para empatar, as outras equipes não relaxam nunca.
        Elenco tem qualidade e estão mostrando raça que não tinha antes mais é necessário quem está na reserva também jogue para não cair a qualidade de equipe, Edson Madden, Mazola, Rafael Costa a grande quantidade de jogos exige descanso é impossível manter esse intensidade e qualidade o campeonato todo com grande número de jogos que existe. Por isso acho que técnico está errando em não colocar jogadores que também tem qualidade e pode manter o nível elevado.

        • ivo

          Saudaçoes regatiana, nos aguardem na decima rodada.

        • ivo

          José Oliveira, não estou entendendo a sua insatisfação. Uma partida como essa, não se assiste a toda hora. Falar que o goleiro falhou agora é covardia, foi um jogo de gente grande onde aconteceu todo tipo de emoção, lindos gols, falha de goleiros expulsão de jogador, bolas na trave e por fim um juiz um tanto confuso, o que se espera mais de uma partida de futebol? Falar de reservas nesse momento é o mesmo que chover no molhado, amigo o galo precisa de um time base para quando houver uma substituição aquele que entrar tem uma noção como o time joga, todo mundo meteu o pau no Mazola, por falta exatamente de um time base, e isso é primordial no futebol. Não entro no mérito do esquema de jogo porque aí é função do capitão que não pode perder a função de analista.kkkk

          • José A de Oliveira

            Ivo, eu não estou insatisfeito com treinador pela equipe titular, estou insatisfeito porque tem jogador de qualidade no banco de reserva que precisa jogar, não estou pedindo para colocar um time totalmente diferente a cada jogo como o técnico anterior fazia, apenas que substitua as peças cansada durante os jogos por outras de qualidade e descansada para que eles peguem o mesmo espírito da equipe, mais em vez disso de está colocando jogador como Juninho Potiguar e feijão que não acrescentam nada, ainda bem que não colocou mais o Anderson Conceição. Mesmo assim o treinador tem crédito, vamos torcer para o time continuar crescendo e com a raça do Tinga, Willians Santana, Neto Baiano e etc.

      • Arilson da Silva Lima

        Concordo com o amigo. O CRB mudou bastante. Temos um time mais competitivo e mais determinado em campo. Graças ao bom trabalho que esta sendo realizado .Fico feliz em ver um CRB que conseguiu resgata o respeito e a confiança do torcedor. Pelos menos a minha confiaça ele tem e o respeito sempre terei. Agora se vamos subir só o tempo e o trabalho dentro de campo vai nos mostra. Se continuamos pra mim ta bom.Um grande abraços a todos e o meu respeito tmb.

  • adeildo santos

    temos que tomar cuidado muito ,se reclamou da arbitragem mais o gol do ceara não estava impedido na hora da cabeçada , o time recua muito , tem que jogar mais no campo do adversário ,por isso tomou os três gols.

  • Klevison Matias

    A culpa ontem foi do Juninho potiguar que mesmo entrando descansado levou varias bolas nas costas sem conseguir acompanhar o lateral.
    Tem que fazer uma limpa nesse elenco e mandar embora :feijão,Rafael bastos,Marcão,Juninho potiguar,Anderson conceição,wilhames fernandes pois estão onerando a folha do clube e rendendo pouquíssimo.

  • Tony

    O CRB hoje tem um padrão de jogo ofensivo e não é à toa que nos últimos quatro jogos marcou doze gols, uma média de três gols por partida. Agora é preciso melhorar o sistema defensivo, que, com a mudança tática para um sistema mais ofensivo, tem tomado gols em todas as partidas. CRB melhorou muito deve melhorar ainda mais com o entrosamento no decorrer dos jogos.

  • Rubens Mário

    O time melhorou muito. Finalmente chegaram a conclusão que não existe mais aquele centro avante que passa o jogo todo trocando sopapos com os zagueiros. Sempre fui um critico ferrenho do NB porque ele passava o jogo todo segurando zagueiro esperando que sobrasse uma bola pra ele botar pra dentro. Ontem ele jogou aberto pela esquerda abrindo espaços para os jogadores mais leves e habilidosos penetrarem no meio dos zagueiros vindo de trás. Mas ainda acho que continua fazendo a marcação baixa, principalmente quado está ganhando, trazendo o adversário para o seu campo como foi no final do primeiro tempo. Essa tática é suicida, mormente quando se joga com um time de qualidade. Entendo que vai melhorar muito quando, Claudinei, Cleiton Xavier, Mazola e Alipio entrarem no time. Concordo que o nosso goleiro está falhando demais. às vezes parece intranquilo, estabanado e mal colocado.

  • De Lima

    IVO,já esqueceu da “festa”, cancelada,em Jaraguá.

  • George Amorim

    O que deixa o torcedor do CRB mais tranquilo é que agora podemos ver um time que consegue competir, desenvolver uma forma de jogar, enfim ter uma capacidade mínima de organização. O caminho da evolução é constante, falhas existem, principalmente defensivamente. O crb tem um bom elenco para a série B, o seu artilheiro vive uma excelente fase e tem um treinador que começa a organizar e definir um padrão de jogo. Acho que podemos começar a sonhar um pouco kkk