O clássico da Série B já começou: Alarcon vs João Feijó
Empate que ‘classifica’...empate que ‘elimina’

A prioridade do CSA é lutar pelo título alagoano. Isto ficou claro com a escolha de poupar o time considerado titular na partida contra o Salgueiro na Copa do Nordeste. A direção do clube e o treinador Marcelo Cabo fizeram o ‘risco calculado’ em optar pelo estadual.

Para todos, a dificuldade de classificação na Copa do Nordeste permaneceria independente do resultado em Salgueiro, isso porque, a largada do CSA foi muito ruim, com dois empates em casa e uma derrota fora. O empate não eliminou o time azulino, mas pela dificuldade para classificar, permanece praticamente na mesma posição.

Em relação ao técnico Marcelo Cabo, ele mais uma vez mostrou o fortalecimento do seu trabalho. Com pouco tempo de treinamento, Cabo implementou uma estratégia bem interessante.

Jogou em um 3- 4-3 para atacar e em um 5-4-1 para se defender. Na reta final da partida, Cabo ainda optou por trazer para o jogo Daniel Costa e Paulinho com a intenção de garantir a vitória.

As variações táticas conseguidas pelo treinador azulino mostra que existe um trabalho em desenvolvimento e que Marcelo Cabo não se esconde de buscar algo diferente dentro da partida.